18.8 C
Vitória
sábado, 20 agosto 2022

Três bilhões de pessoas ainda não conhecem Jesus, alertam missionários

Foto: Reprodução

Há lugares sem igrejas, Bíblias e crentes. “O ‘Ide’ não é um chamado apenas para organizações missionárias, mas para todo cristão”

Por Patricia Scott 

Um terço da humanidade ainda não conhece Jesus. A informação é da Alliance for the Unreached (Aliança Pelos Não Alcançados, em tradução livre), que criou o Dia Internacional dos Povos Não Alcançados. No último domingo (5), foi celebrada a data para lembrar e conscientizar a Igreja a cumprir a Grande Comissão e, assim, levar o Evangelho a todos os povos e a todas as línguas.

A Alliance for the Unreached, que é uma coalizão de várias organizações missionárias, divulgou que três bilhões de pessoas não possuem acesso ao Evangelho. Vale destacar que o Dia Internacional dos Povos Não Alcançados sempre coincide com o Dia de Pentecostes.

“Escolhemos o Domingo de Pentecostes, porque foi nesse dia que a igreja nasceu. Pedro se dirigiu [à multidão] e três mil pessoas vieram a Cristo”, disse Wayne Pederson, embaixador da Alliance, que acrescentou: “Hoje, estamos vivendo em uma era onde com a tecnologia que temos, vemos um Pentecostes a cada hora. A cada hora, três mil pessoas estão conhecendo Cristo. Temos ondas curtas, temos satélite, temos tecnologia digital, podcasts e aplicativos que podemos usar”.

Marv Newell, missiologista da Missio Nexus, explicou que o que torna um grupo de pessoas “não alcançado” é o critério dos “três nãos”. “Estamos falando de lugares onde não há igrejas, nem Bíblia e nem crentes”, ressaltou, destacando que o “Ide” não é um chamado apenas para organizações missionárias, mas para todo cristão. “Até mesmo a igreja como um grupo, pode estar envolvida e pode fazer algo a respeito. Precisamos levar o Evangelho ao último terço da humanidade que não tem acesso”.

Integrante da Aliança Pelos Não Alcançados, a Missio Nexus atua para tornar o Evangelho acessível a todos. São mais de 40 organizações unidas em torno da causa, segundo Newell. “Se reunirmos nossos recursos, esperamos conseguir fazer alguns trabalhos de evangelismo nessas áreas”.

Acesso à Palavra

Mais de um bilhão de pessoas não têm acesso à Palavra de Deus no idioma materno, de acordo com IllumiNations. A instituição une dez das principais organizações mundiais de tradução da Bíblia, que estão juntas no propósito de mudar essa realidade. Para as organizações missionárias, ter a Bíblia traduzida para todos os idiomas do mundo é um passo essencial para levar o Evangelho aos não alcançados.

Segundo IllumiNations, ao redor do mundo, 3.800 comunidades não possuem as Sagradas Escrituras completas na língua nativa e mais de 2.000 desses idiomas não têm um único versículo da Bíblia traduzido. Para transformar essa realidade, a aliança de tradutores trabalha para atingir a meta de traduzir a Bíblia, até 2033, para todos os idiomas.

A expectativa do projeto é que “95% da população mundial tenha acesso a uma Bíblia completa, 99,96% tenha acesso a um Novo Testamento e 100% tenha acesso a pelo menos alguma porção das Escrituras em 12 anos”.

“Você pode imaginar não ter a Bíblia na sua língua nativa? Um bilhão de pessoas ainda não sabem o que a Palavra de Deus tem a dizer a eles. Podemos ajudar a cumprir a Grande Comissão e erradicar a ‘pobreza bíblica’ nesta geração”, salientou Mart Green, um dos participantes da aliança.

Com informações Mission Network News

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se