23.8 C
Vitória
segunda-feira, 22 abril 2024

Tragédia no Marrocos: “Ore pelas famílias atingidas”, pede pastor

Foto: Reprodução/BBC

De acordo com o Serviço Geológico dos EUA, o tremor foi sentido em Portugal, Espanha e Argélia

Por Patricia Scott

No Marrocos, 2.012 pessoas morreram depois que um terremoto de magnitude 6,8 atingiu a região central do país, na noite de sexta-feira (8). A informação é do governo marroquino, que divulgou ainda, neste sábado (9), o número de feridos: mais de 2.059 (pelo menos 1.404 em estado crítico).

O terremoto é o mais forte já sentido no país em 120 anos. Embora o epicentro tenha sido nas montanhas do Alto Atlas, muitas vítimas estão na cidade histórica e turística de Marrakech, a 71 quilômetros de distância. Outras cinco localidades também foram afetadas: Al-Haouz, Ouarzazate, Azilal, Chichaoua e Taroudant. De acordo com o Serviço Geológico dos EUA, tremor foi sentido em Portugal, Espanha e Argélia.

O Itamaraty anunciou, neste sábado (9), que não há notícias de brasileiros entre as vítimas. E, em nota, a Embaixada do Brasil, na capital Rabat, informou que acompanha com atenção os desdobramentos do terremoto.

- Continua após a publicidade -

A Junta de Missões Mundiais (JMM) não mantém missionários em Marrocos. No entanto, a instituição missionária, ligada à Igreja Batista, está trabalhando para enviar pessoas e recursos para socorrer os atingidos.

“Ore pelas famílias atingidas, especialmente pelas que perderam entes queridos. Ore para que possamos ser eficazes no socorro aos que sofreram perdas”, ressaltou o pastor João Marcos Barreto Soares, diretor de Missões Mundiais.

As equipes de resgate têm dificuldade para passar por estradas cheias de pedras até as remotas aldeias nas montanhas mais atingidas. Em Marrakesh, a famosa Mesquita Koutoubia, construída no século 12, foi danificada.

No entanto, a extensão dos danos ainda não divulgada. Nas redes sociais, os marroquinos publicaram vídeos, que mostram danos em partes dos famosos muros vermelhos que cercam a cidade velha, que é Patrimônio Mundial da UNESCO.

Vale salientar que o Marrocos está a 29ª posição na Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2023, elaborada por Portas Abertas. Há igrejas domésticas no país, segundo a instituição missionária, mas os cristãos agem em sigilo. Isto porque  podem ser presos e multados por possuir uma Bíblia ou por debater a fé cristã com um muçulmano.

Pedidos de oração divulgados por Portas Abertas

  • Ore para que o Senhor mantenha a igreja segura, fortaleça cada cristão e dê esperança. Que os líderes de igrejas saibam como ajudar os membros no que for possível.
  • Peça que as autoridades tenham meios de resgatar os que estão soterrados sob os edifícios desabados e que Deus restaure a saúde dos feridos.
  • Ore por aqueles que perderam entes queridos, para que sejam consolados pelo Senhor.
  • Clame para que o Marrocos receba assistência necessária de outros países.
  • Rogue pelas pessoas que passaram a noite nas ruas por medo. Que o Senhor fortaleça cada uma delas.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -