20.5 C
Vitória
quinta-feira, 9 dezembro 2021

Ton Carfi faz collab com Jottapê em “Só quero agradecer”

Canção assinada por Ton Carfi e Jottapê é um agradecimento a Deus em tempos difíceis

O cantor e compositor Ton Carfi lançou a canção “Só quero agradecer”, em um collab especial com o cantor Jottapê. Canção é suave, leve e de total agradecimento a Deus, por tudo o que Ele faz pelo Seu povo. Ton Carfi e Jottapê assinam a autoria da canção.

“Jottapê a escreveu e enviou ao Ton, que gostou da composição. Autorizado pelo amigo a contribuir, Ton fez a ponte na canção. Depois, Ton a enviou para o Felipe Silva, que “fez uma produção incrível e, daí, ficou essa obra-prima!”, compartilha Ton Carfi.

Ton diz que estar vivo por si só já um motivo e tanto para agradecer a Deus. “Eu e minha esposa fomos contaminados pelo coronavírus, e estamos vivos, para a glória de Deus. Praticamente todos da minha família pegaram e, graças a Deus, estão todos bem. Tenho de ser grato a Deus porque Ele preservou minha saúde mental nesta pandemia e, também, por preservar minhas áreas pessoal, familiar, ministerial, financeira e musical. Em todos os aspectos, posso dizer que eu sou mais que vencedor em Cristo Jesus. São milhares de motivos para agradecer. A gratidão faz parte da minha vida”, informa o cantor.

Parceria

Jottapê foi aluno de técnica vocal do Ton Carfi, assim como o foram todos os artistas do canal da KondZilla. Depois, eles se encontraram na série “Sintonia”, da Netflix. Jottapê é o ator principal da série. Eles gravaram a primeira e segunda temporadas.

“Eu atuo como professor dele. Era como se estivesse lecionando mesmo para ele, como na vida real. Esse feat. foi incrível! Entendo que isso também colabora muito para que as pessoas vejam que há uma verdade sendo cantada, que existe algo real e não apenas uma mera encenação”, ressalta Ton.

Mistura de sons e estilos

O cantor e compositor diz que esta mistura de sons e estilos aproxima muito o público mais jovem e quebra as fronteiras da religião e que ama essas parcerias. Ele explica que o funk é um gênero musical predominante nas comunidades, onde há muitas igrejas, onde cresceu a grande maioria dos funkeiros, das pessoas da comunidade.

Ele esclarece que a maioria pertence a uma igreja ou já pertenceu. Então, quando ele grava com um cantor de funk, essa mensagem chega ao coração das pessoas que não estão na igreja e também que estão afastadas de Jesus, principalmente, na juventude.

“A realidade é que a juventude é o futuro da nossa nação, então, quanto mais a mensagem de Cristo alcançar os jovens, melhor vai ser a nossa sociedade no futuro. Eu amo essas parcerias; recebo muitas críticas por fazê-las, mas nada está à frente da missão que Deus colocou no meu coração”, enfatiza Ton Carfi.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se