21.9 C
Vitória
terça-feira, 21 setembro 2021

“The Jesus Music”: o impacto da Música Cristã Contemporânea nos EUA

O trailer do documentário, que estreia em outubro nos cinemas americanos, foi divulgado, gerando grandes expectativas no público

Por Patricia Scott

A história e o impacto da indústria da Música Cristã Contemporânea nos EUA, conhecida pela sigla em inglês CCM, será contato em mais um documentário. O trailer de “The Jesus Music”, dirigido por Jon e Anthony Erwin, criadores do filme “I Can Only Imagine” (“Eu Só Posso Imaginar”, título no país) foi divulgado na última semana. O filme será lançado, nos Estados Unidos, na primeira quinzena de outubro.

A música de Jesus surgiu do movimento de contracultura da década de 1960 com canções emocionantes de fé, amor e esperança, tornando-se um fenômeno mundial. Este fascinante documentário traz à tona a história edificante e não contada da música a partir do início humilde na Calvary Chapel, em Costa Mesa, Califórnia, até sua transformação na indústria multibilionária da Música Cristã Contemporânea da atualidade.

Os primeiros anos do movimento CCM são enfatizados no “The Jesus Music”. As imagens do trailer mostram os protestos do Vietnã e dos Direitos Civis, assim como o início do “Jesus Movement” (Movimento de Jesus), que foi estabelecido nos EUA com o foco de impulsionar o avivamento no país em meio às mudanças que estavam ocorrendo com o movimento hippie.

O documentário também traz histórias dos bastidores que muitos fãs do CCM nunca ouviram. E acompanha o projeto, um livro complementar escrito por Marshall Terrill: “The Jesus Music: A Visual Story of Redemption as Told by Those Who Lived It” (“A música de Jesus: Uma História Visual da Redenção Contada por Quem a Viveu”, em tradução livre).

Segundo a Rolling Stone, o trailer, que apresenta Amy Grant, Kirk Franklin, Michael W. Smith, TobyMac, Lauren Daigle, Steven Curtis Chapman, dentre outros, ressalta citações memoráveis sobre o poder da música. “Muitos hinos são ‘feche os olhos cantando para Deus’”, disse Amy Grant. Já Lauren Daigle destacou “a riqueza da esperança que pode pousar na espinha de alguém por meio de rima, melodia e som, não entendo”. A sinopse de “The Jesus Music” assevera que “o poder universal da música desses artistas brilha através de suas mensagens de paixão, sacrifício e redenção que inspiram milhões de ouvintes devotados”.

Com informações Christian Healines

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se