Terremoto atinge vários estados da Venezuela

Pessoas após deixarem prédio em Caracas depois do tremor. Foto: Marco Bello/ Reuters

Um terremoto de magnitude 4,9 na escala Richter atingiu nesta quinta (27) por volta das 4h59 (6h59 em Brasília) o noroeste da Venezuela. O epicentro foi identificado a 12 quilômetros do estado de Carabobo e com profundidade de 9,4 quilômetros. As informações são da Fundação Venezuelana de Pesquisa Sísmica (Funvisis).

O forte tremor foi registrado em Caracas e em vários estados do país. Usuários do Twitter relataram terem sentido o tremor em estados como Aragua, Miranda, Carabobo, Cojedes, Lara, Trujillo, Táchira e Mérida.

Na capital, Caracas, moradores saíram de suas casas após o terremoto. Houve pelo menos três réplicas, a mais alta delas de magnitude 4,5. “Minha cama balançou bastante. Me assustei muito. Os cachorros latiam, e meus vizinhos foram pra rua, porque depois foram sentidos mais tremores”, disse Karina Salcedo, moradora de Caracas, à AFP.

O governador do estado Carabobo, Rafael Cava, afirmou que apesar do susto, o clima é de relativa tranquilidade nos 14 municípios onde foram registrados tremores. “Apesar do susto matinal, os 14 municípios estão inalterados, calmos.”

Segundo o governador, um equipamento de proteção foi implantado no território. Rafael Cava apelou para que a população tenha calma e lembrou que os movimentos dessa natureza são frequentes no país.

Em 5 de dezembro, outro sismo de magnitude 4,6 foi registrado na localidade de San Felipe, estado de Yaracuy (norte). Caracas e vários estados foram afetados.

Já em 21 de agosto um prolongado tremor de magnitude 7,3, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), sacudiu a Venezuela e Trinidad y Tobago. Houve pânico e danos materiais, mas não deixou vítimas.


Leia mais

Mais um tremor atinge a Venezuela
Igreja acolhedora para venezuelanos
“SOS Venezuela” – Campanha para ajudar refugiados