Terremoto no Japão deixa três mortos e mais de 200 feridos

Magnitude do terremoto chegou a 6,1 na escala Richter. Foto: Reuters/Kyodo

Um terremoto de magnitude 6,1 na escala Richter atingiu as cidades de Osaka, Hyodo e Kyoto, no oeste do Japão. Até o momento sabe-se de três mortes e mais de 200 feridos na manhã desta segunda-feira (18), noite de domingo (17) no Brasil.

Segundo a Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres do Japão, três pessoas foram encontradas sem sinais vitais, das quais uma estudante de nove anos em uma escola. Um dos muros do prédio caiu sobre a menina.

Ao menos dois idosos, ambos com mais de 80 anos, também estão entre as vítimas. Não há detalhes ainda do restante dos mortos. O terremoto aconteceu às 7h58 (horário local, 19h58 de domingo em Brasília) e teve seu hipocentro a 13 quilômetros de profundidade na cidade de Osaka, na ilha de Honshu – a maior do arquipélago japonês – e a cerca de 500 quilômetros a oeste de Tóquio, informou a Agência Meteorológica do país (JMA, na sigla em inglês). Pequenos incêndios foram provocados, além da queda de paredes de algumas construções.

Os serviços de trem e metrô foram suspensos em Osaka, até que técnicos pudessem verificar a extensão dos danos à rede. Passageiros foram obrigados a andar pelos trilhos para retornar às estações. Diversas fábricas, também foram fechadas na região. Ao menos 107 mil casas ficaram sem luz. A Autoridade de Regulação Nuclear do Japão disse