Templo de Salomão tem apartamentos para bispos e pastores

O bispo Edir Macedo e sua família estão morando em um dos 50 apartamentos construídos para pastores e bispos no Templo de Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), inaugurado dia 31 de julho, em São Paulo, numa cerimônia que contou com mais de 15 mil pessoas presentes dentro e fora do local.
Macedo ocupa a cobertura de mil metros quadrados com uma estrutura de hotel que incluiu cartão magnético em vez de fechadura e opções de lazer como uma piscina coberta e um jardim de inverno. O apartamento está localizado em cima do altar.
Logo no andar de baixo, outro apartamento esta sendo ocupado pelo casal Cristiane e Renato Cardoso, filha e genro do bispo, num espaço de mais ou menos 200 metros quadrados.
A réplica do Templo de Salomão tem quase 74 mil metros quadrados de área construída, foram utilizados 28 mil metros cúbicos de concreto e quase 2 mil toneladas de aço na obra. O investimento declarado pela IURD foi de R$ 680 milhões.
São quatro edifícios, sendo que o prédio frontal tem 11 andares e mede 56 metros de altura, abrigando 10 mil pessoas sentadas em cadeiras confortáveis e com iluminação preparada para os cultos que são traduzidos e podem ser assistidos por até mil estrangeiros ao mesmo tempo.
Já o prédio dos fundos tem cerca de 41 metros de altura.Todo o piso do templo e o altar são revestidos com pedras trazidas de Israel.
Um dos prédios é uma réplica também do tabernáculo, com um menorá, castiçal que era utilizado para iluminação com azeite; a mesa com 12 pães representando as tribos de Israel; o altar do incenso e outro altar com a Arca da Aliança em ouro, usada para guardar as tábuas da lei de Moisés com os dez mandamentos.
O complexo conta ainda com quatro pavimentos para as escolas bíblicas infantis, com capacidade para comportar cerca 1,3 mil crianças, estúdios de TV e rádio, auditório, além de hospedagem para os pastores.
Os dois andares subterrâneos são de estacionamento com cerca de 1,2 mil vagas para veículos.
Na área externa, foi criado um memorial, no subsolo, com 250 metros quadrados e com o pé direito triplo integrado ao paisagismo por um espelho d’água e 12 oliveiras com mais de 300 anos importadas do Uruguai.
O memorial tem uma mistura de tecnologia, com telas de led que mostram toda a história do Templo de Salomão, e o antigo, com réplicas de objetos existentes da época de Israel e uma maquete do tabernáculo. Pastores e bispos circulam dando informações aos visitantes, vestidos como os sumos sacerdotes no tabernáculo.