24.1 C
Vitória
domingo, 20 setembro 2020

Justiça autoriza viagem de Temer ao Líbano

Leia também

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

O ex-presidente fala em usar suas relações com governantes locais para mediar o conflito político interno no Líbano

Por Felipe Frazão (AE)

O presidente Jair Bolsonaro oficializou na segunda-feira, dia 10, a nomeação do ex-presidente Michel Temer (MDB) como integrante da missão oficial que levará auxílio humanitário ao Líbano, por causa da explosão no porto de Beirute A nomeação por decreto é um ato prévio para Temer obter aval do Judiciário e poder liderar a missão brasileira. A Justiça autorizou a viagem.

A tragédia, ainda investigada, levou à queda do governo local, com renúncia do premiê Hassan Diab e ministros. O país conta mais de 160 mortos, cerca de 6 mil feridos e mais de 300 mil desabrigados. A explosão ainda deixou desaparecidos.

O ex-presidente fala em usar suas relações com governantes locais para mediar o conflito político interno no Líbano, agravado pela tragédia, que deu força aos protestos em Beirute.

O país passa por crise econômica, com desvalorização da moeda, hiperinflação, casos de corrupção e pandemia da covid-19. Se vingar, seria a primeira mediação internacional do Brasil durante o governo Bolsonaro.

De origem libanesa, o ex-presidente Temer é réu em ações decorrentes de investigação por corrupção na Justiça Federal do Rio.

Ele chegou a ser preso por ordem do juiz Marcelo Brêtas, que já o autorizou a deixar o País chefiando a missão em nome de Bolsonaro, segundo a defesa do ex-presidente.

Brêtas havia proibido Temer de voar para dar palestras na Europa, em duas outras ocasiões. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, porém, liberou idas a Reino Unido e Espanha.

Politicamente mais próximo e atuando como conselheiro informal de Bolsonaro, Temer vai liderar a missão oficial brasileira, ao lado de parlamentares, empresários e diplomatas e autoridades do Palácio do Planalto. Ele se disse honrado com o convite de Bolsonaro. O ex-presidente elogiou o atual governo como uma “continuidade” das reformas que fez, embora tenha sido criticado pelo sucessor durante a campanha eleitoral.

Conforme decreto presidencial, a missão deverá ser realizada entre quarta-feira, dia 12, e sábado, dia 15. A previsão é que um cargueiro KC-390 da Força Aérea Brasileira decole 5,5 toneladas com mantimentos, insumos, medicamentos e equipamentos hospitalares da Base Aérea de São Paulo, na área ao lado do Aeroporto Internacional de Guarulhos. São cerca de 300 respiradores e 100 mil máscaras cirúrgicas.

Médicos também serão enviados como uma equipe multidisciplinar. O material foi doado pelo governo e pela comunidade libanesa no Brasil – o País recebeu a maior diáspora libanesa do mundo, com cerca de 10 milhões de imigrantes e descendentes.

Além de Temer, compõem a comitiva o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, e o suplente Luiz Pastore (MDB-ES), o almirante Flávio Viana Rocha, chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, o embaixador Kenneth da Nóbrega, secretário de Negociações Bilaterais no Oriente Médio, Europa e África do Itamaraty e o general de Brigada Carlos Augusto Fecury Sydrião Ferreira, representante do Exército.

Outros integrantes da delegação brasileira são o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), Paulo Skaf, o marqueteiro de Temer, Elsinho Mouco. Além deles, viajam na comitiva Michael Pereira Flores, Ronaldo da Silva Fernandes, Luciano Ferreira da Sousa, Sebastião Ruiz Silveira Junior e Marcelo Ribeiro Haddad.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Aula presencial em pré-vestibular tem baixa adesão no interior de SP

O Anglo Sorocaba iniciou as aulas presenciais há três semanas. Apenas 20% dos cerca de 70 alunos mostraram interesse em retornar

Ministro do Turismo é a 7ª autoridade presente à posse de Fux a pegar covid-19

O evento foi realizado na sede do tribunal, em Brasília, no último dia 10 de setembro. O próprio ministro Fux foi diagnosticado com a doença

Bolsonaro: Avião precisou arremeter por baixa visibilidade causada por queimadas

"Obviamente, é sempre algo anormal de estar acontecendo. No caso, é que a visibilidade não estava muito boa. Para nossa felicidade, na segunda vez, conseguimos pousar", disse o presidente

MEC promete protocolo e R$ 525 milhões para retorno às aulas presenciais

O ministro afirmou que a decisão sobre data para reabrir escolas não é do MEC, mas de Estados e municípios

Bolsonaro volta a estimular Renda Brasil

O governo também não quis deixar um vácuo aberto para os congressistas, que já têm projetos para reforçar o Bolsa Família

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.