24.7 C
Vitória
sexta-feira, 30 outubro 2020

Suicídio: Conscientizar para salvar vidas

Leia também

TCU investiga Bolsonaro e Flávio Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro para debater supostas "irregularidades das informações constantes de Relatórios de Investigação Fiscal"

Guedes diz esperar que SP pague pela vacina

O presidente Jair Bolsonaro e Doria divergem publicamente sobre a obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19

Bolsonaro reforça que não quer privatizar o SUS

Presidente destacou ainda que não pode remanejar recursos do Legislativo para a Saúde e que não era um "ditador"

Você sabia que a cada 40 segundos uma pessoa no mundo tira a própria vida? Isso significa mais de um milhão de mortes por ano, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS),traduzindo-se em uma grave questão de saúde pública.

No Brasil, são registrados 12 mil casos anualmente, o que o coloca na oitava posição mundial em números absolutos. A depressão, que já foi chamada de “mal do século”, ainda é uma das principais motivações. Estima-se que 400 milhões de pessoas sofram de alguma forma da doença, e isso representa algo em torno de 5% da população do planeta.

A OMS tem como meta a redução dessa taxa de mortalidade em 10%, até 2020. Nesse intuito, a Associação Internacional de Prevenção do Suicídio desenvolve a campanha do “Setembro Amarelo” desde 2014, e estabeleceu 10 de setembro como o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. A ideia é discutir amplamente esse assunto em todas as esferas da sociedade e divulgar ações preventivas.

Durante o lançamento da mobilização de 2016 na Assembleia Legislativa do Espírito Santo, a Associação Brasileira de Psiquiatria e o Conselho Federal de Medicina alertaram que homens com idade entre 15 e 30 anos e os acima de 65, sem filhos, desempregados ou aposentados, são os que apresentam maior predisposição em dar fim às suas vidas. Os dados foram validados por um dos mais completos estudos sobre o tema, realizado por pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que concluiu que homens têm 3,7 vezes mais chances de se matar que do que mulheres. A diferença de taxas entre os gêneros é geralmente atribuída a “maior agressividade, maior intenção de morrer e uso de meios mais letais” entre eles, enquanto elas são consideradas “mais religiosas”, o que pode se tornar um fator de proteção.

No Espírito Santo, as estatísticas mostram predominância de mortes por envenenamento e armas de fogo. No ano passado, foram contabilizados 81 casos na Grande Vitória, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública.

No entanto, a Terceira Ponte, que liga Vitória a Vila Velha, é um local de grande incidência de suicídios. A concessionária Rodosol, que administra a estrutura, não confirma todos os episódios divulgados nas redes sociais, mas esclarece que no primeiro semestre deste ano foram observadas seis perdas. Mesmo que os números sejam questionados pelos capixabas, o fato é que cada uma dessas vidas merece atenção da sociedade, da Igreja, do Estado e das organizações.

Por isso, cada um de nós cristãos deve estar atento a mudanças de comportamento, expressões de angústia e aflição, tendência ao isolamento, baixa produtividade e rendimento escolar. Estimular o desabafo, oferecer apoio e amizade são atitudes importantes e que podem evitar a morte de alguém bem próximo a você.

Ouça a matéria:

- Publicidade -

Matérias relacionadas

China e Cuba nos Direitos Humanos da ONU?

Apesar da perseguição religiosa, China e Cuba entram no Conselho de Direitos Humanos da ONU. Saiba mais!

Mundo chega a mais de 40 milhões de contaminações por covid-19

O aumento do número de infecções pode ser explicado em parte pela elevação do número de testes de diagnóstico em alguns países

A influência do Evangelho para transformar e discipular o mundo

Como se conformar com uma sociedade que, ao mesmo tempo em que apresenta uma expansão tão grande do Evangelho, também possui as maiores taxas de corrupção, desigualdade social e violência?

De novo, Bolsonaro na lista de mais influentes do mundo

Pelo segundo ano consecutivo o chefe do executivo entra no ranking das personalidades de destaque do mundo. Saiba mais!

Descoberta! Moedas de ouro do século 9 em Israel

As moedas de ouro foram encontradas por um grupo de jovens em Israel. O tesouro tem cerca de 1,1 mil anos. Saiba mais!

Centenas de soldados alcançados pelo evangelho em Uganda

Mais de 4 mil soldados em treinamento em Uganda ouviram o evangelho através do do pastor Samuel Kasigwa e se converteram. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Nova fase da Academia da Bíblia SBB

Com novos cursos, o projeto de capacitação bíblica da SBB deseja auxiliar o cristão no estudo aprofundado da Palavra de Deus. Saiba mais!

Quando Deus é a fonte do equilíbrio em campo e da força emocional

Sucesso na Liga dos Campeões da Europa, o goleiro Keylor Navas, 33 anos, dirige estudos bíblicos com um grupo de 10 pessoas em Paris.

Clovis Pinho, o que vem por aí?

Novo single de Clovis Pinho deve chegar ao mercado em novembro. Saiba mais!

“Sentido” é o novo álbum musical de Leonardo Gonçalves

Gravado em Praga, na República Tcheca, álbum conta as canções que marcaram os mais de 20 anos de carreira de Leonardo Gonçalves