Streaming supera venda de conteúdo digital


Cada vez mais os consumidores querem conteúdo de qualidade, por preço acessível e que seja prático.
É o que apontou recentemente a Nielsen’s U.S. Music Report. As vendas de CDs e faixas digitais – em espaços como iTunes – ficaram muito atrás da demanda por música em streaming (Spotify, Google Music, entre outros) nos Estados Unidos. Nos seis primeiros meses de 2014, o streaming de música chegou a 70 bilhões de reproduções, contra 593.6 milhões em vendas de faixas digitais e 53.8 milhões em vendas de CDs digitais. A demanda por streaming cresceu nada menos que 40% no período. Enquanto isso, foram vendidos 62.9 milhões de CDs físicos, uma redução de 20% em relação ao mesmo período de 2013. E o talvez por nostalgia, o mercado ainda tem espaço para os antigos LPs, que venderam 4 milhões de unidades.