23 C
Vitória
segunda-feira, 1 março 2021

Ministro do STJ mantém preventiva de acusado de liderar organização de tráfico

O ministro Humberto Martins afirmou que o pedido não poderia ser apreciado pelo Superior Tribunal de Justiça

Por Pepita Ortega (AE)

O ministro Humberto Martins, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou habeas corpus impetrado contra a prisão preventiva de Marcos José de Oliveira, apontado como integrante de uma organização criminosa voltada para o tráfico internacional de drogas e a lavagem de dinheiro. O grupo é alvo das operações Apocalipse, Virus Alba e The Wall, que investigam crimes de organização criminosa, tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro supostamente praticados entre 2019 e 2020.

No habeas corpus ao STJ, a defesa do investigado pedia a substituição da prisão preventiva por medidas cautelares ou por recolhimento domiciliar. Os advogados argumentaram que o acusado está encarcerado há mais de 55 dias sem a realização de audiência de custódia e sustentavam que não estariam presentes os requisitos necessários para a decretação da segregação antecipada.

Em sua decisão, o ministro Humberto Martins afirmou que o pedido não poderia ser apreciado pelo Superior Tribunal de Justiça, pois não foi examinada pelo Tribunal de origem, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que ainda não julgou o mérito da solicitação lá impetrada. “A jurisprudência do STJ firmou-se no sentido de que não cabe habeas corpus contra indeferimento de pedido de liminar em outro writ, salvo no caso de flagrante ilegalidade”, registrou.

Humberto Martins disse não visualizar, “manifesta ilegalidade” que autorizasse o afastamento da regra, destacando que o TRF-4, ao negar pedido liminar em habeas corpus lá impetrado, “fundamentou suficientemente a manutenção da custódia do paciente”.

O ministro chegou a reproduzir trecho da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que considerou que o decreto prisional foi mantido considerando a “prova da materialidade e suficientes indícios de autoria e nos indícios de participação e envolvimento do paciente com a organização criminosa estruturada e voltada para o cometimento reiterado de tráfico internacional de drogas por via portuária e lavagem de capitais”.

A corte viu “elementos suficientes a caracterizar concreto risco à ordem pública se prematuramente colocado em liberdade, indicando, ao menos por ora, a necessidade de se manter a custódia e a impossibilidade de cautelares diversas da prisão, a fim de evitar a reiteração delitiva e a rearticulação do grupo criminoso”.

Segundo a decisão, o grupo criminoso foi estruturado para “prática rotineira dos crimes de tráfico internacional de drogas, utilizando-se de portos brasileiros para enviar cocaína à Europa através da inserção da droga (“estufamento”) em cargas ou contêineres para exportação de material lícito, associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro”.

“Pelos elementos até o momento colhidos na investigação, o paciente é apontado como “integrante da organização criminosa, chefiando e operando o núcleo financeiro daquela OrCrim especializada no tráfico internacional de drogas; após a deflagração das Operações teria passado a desempenhar a função de liderança da OrCrim investigada, promovendo/organizando condutas ligadas ao tráfico internacional de drogas, com participação na exportação de cocaína via Porto de Paranaguá, e a suposta remessa frustrada de entorpecentes para a Bélgica (caso do galpão em Guaramirim); e vem promovendo intensa movimentação patrimonial, utilizando de complexa estrutura de engenharia financeira visando a lavagem dos ativos financeiros auferido como proveito econômico dos atos de tráfico desenvolvidos pela organização criminosa por ele comandada”, registrou a decisão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Testemunho: O jovem que transformou a prisão em igreja

Chris Wilson, um jovem, filho de pastor, que foi condenado a 88 anos pelo crime de outra pessoa, que resolveu transformar a prisão em igreja. Confira essa história!

STJ estende decisão domiciliar a empresário e ex-tesoureiro

o presidente do STJ considerou que o mandatário tem mais de 60 anos, o que o coloca no grupo de risco de contaminação do novo coronavírus

Crivella é preso a nove dias de deixar a Prefeitura do Rio

Crivella atribuiu a prisão a suposta "perseguição política" e disse esperar "justiça". Saiba mais!

STJ nega travar investigações contra ex-secretário do MT

Os advogados de Jarbas pediram o trancamento dos inquéritos policiais, alegando que a condução da investigação e as medidas cautelares

Operação Uruatu 2 faz buscas contra traficantes de animais

Segundo a PF, ao longo das investigações foram aprendidas centenas de animais silvestres no curso das investigações policiais

Recurso que inocentou Haddad, está 9 meses no STJ

A Promotoria sustenta que, entre maio e junho daquele ano, a empreiteira efetivamente repassou a soma de R$ 2,6 milhões a Haddad

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!