31 C
Vitória
quinta-feira, 27 janeiro 2022

O segredo de uma boa música de sucesso

Stéfano de Moraes
Foto: Arquivo pessoal

Pianista e produtor musical de Anderson Freire, Stefano de Moraes fala da boa música que impacta e transforma vidas

Por Priscilla Cerqueira 

Qual a música que realmente impacta e transforma? E aquela que é sucesso? É justamente sobre isso que o produtor musical Stéfano de Moraes, que também pianista de um dos maiores nomes da música gospel do país, Anderson Freire conversou com a Comunhão.

Grande referência nesta área no Brasil, Stéfano defende o conteúdo musical de qualidade, mas que sua essência esteja em Deus. “Para alcançar as pessoas o centro de tudo na música precisa ser Jesus, seu amor, seu sacrifico, cruz e ressurreição”, explicou. Confira a entrevista!

Comunhão – Como teve início sua história com a música cristã?

Stéfano de Moraes: Meu pai aprendeu a tocar violão e contrabaixo sozinho e desde muito pequeno, cerca de 2 anos, já me interessava pelos instrumentos. Aprendi contrabaixo aos 4, violão aos 5, 6 teclado e aos 7 comecei a estudar Piano. Foi nessa idade que toda família reconheceu Jesus como nosso Senhor.

Você se tornou um profissional conhecido respeitado no país como produtor musical e hoje dirige também um dos maiores cantores do gospel na atualidade, que é o Anderson Freire. Como atingiu esse resultado?

Parece clichê, mas digo que a misericórdia de Deus me alcançou. Não tem explicação. Porque d’Ele, por Ele e para Ele são todas as coisas. Mas há algo a ser falado, até pra incentivar outros que querem chegar a ter um ministério relevante para mais pessoas: ‘faça o melhor que puder, onde você está, com o que você tem. Tudo que Deus foi me proporcionando ao longo dos anos, tentei me dedicar ao máximo, e Deus foi honrando, segundo a vontade d’Ele.

Suas composições e produções musicais tem que sido bem aceitas pelos artistas de um modo geral e pelo público também. Qual a receita desse sucesso e destaque no meio gospel?

Stéfano de Moraes
Foto: Arquivo pessoal

Primeiro é preciso escrever, tocar, compor, produzir suas verdades em Deus. Não tente “viver” a realidade espiritual de outra pessoa. Deus requer a individualidade daquilo que Ele mesmo te entregou. Segundo é ter um bom network, fazer bons relacionamentos; se conectar com pessoas que já chegaram onde você quer chegar. E por último manter a humildade em todo processo porque a glória sempre será será Deus.

Como é compor letras e melodias com a responsabilidade de impactar as pessoas e ter alcance nacional?

Muita responsabilidade. Ando com um dos maiores compositores do meio gospel, que é Anderson Freire, e aprendi que não é sobre a quantidade de pessoas que ouvirão as canções, mas sobre dar o melhor para Deus e também para pessoas que vão escutar as músicas, até porque, vidas serão impactadas de alguma forma.

Os conteúdos das canções precisam abordar a essência de Jesus e seu feito na cruz para alcançar as pessoas?

Exatamente. Acho importante vários assuntos, porque a demanda das igrejas são diversas, porém o centro de tudo precisa ser Jesus, seu amor, seu sacrifico, cruz e ressurreição.

Como nasce uma composição musical?

Não há um padrão, ou vem um tema de assunto primeiro, ou uma melodia. Eu gosto de criar a melodia primeiro, na maioria das vezes. O arranjo é última fase do processo, onde a música cria “corpo”.

Qual sua avaliação sobre os chamados “influenciadores digitais”?

Stefano
Stéfano de Moraes com o cantor Anderson Freire. Foto: Reprodução/ Facebook

Acho muito importante, quando usado de forma responsável. Há muitas pessoas querendo influenciar em assuntos que não dominam, mas quando usados de forma atenciosa, pode trazer bênçãos e direcionamentos para a vida das pessoas.

Ferramentas como o Youtube e Facebook se tornaram portas de entrada para o cenário da música. Qual conselho daria para os jovens que estão iniciando a carreira musical usando os recursos que as redes sociais oferecem?

Tenha inteligência nas redes sociais, use de forma direta para seu ministério e cidado com postagens. Seja intencional: não passe sua vida analisando “feed” dos outros; viva seu chamado e use a ferramenta pra te auxiliar no processo.

O que pensa sobre expandir o reino de Deus através da música?

A música é um grande instrumento de edificação e restauração de vidas. A música cristã carrega uma mensagem que pode ajudar a mudar a vida de milhares de pessoas; além de ser também um instrumento de adoração direta a Deus.

Qual seu maior sonho na música hoje?

Que eu possa ser um canal de Deus através da música na vida de pessoas; não só pela proporção numérica, mas pelo amor à Deus e o desejo de ser usado por Ele na edificação de vidas. Produzindo e compondo canções que sejam geradas no coração de Deus.

Confira “Mapa do Tesouro” (Anderson Freire) acompanhada por Stéfano

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se