22.1 C
Vitória
domingo, 5 dezembro 2021

“Sou idosa e daí?”: novo canal para entreter idosos

Criado por dona Celeste Siqueira, 71 anos, o “Sou Idosa, e daí?” surgiu para evitar a solidão na terceira idade e promover a vida social dos avós no ambiente digital. Dia dos Avós é comemorado domingo, 26 de julho.

A internet revelou a inquietude que pessoas da terceira idade enfrentam durante o isolamento social. São vídeos engraçados de idosos disseminados pelas redes sociais que viraram memes entre os jovens. Maria Celeste Siqueira, 71 anos, ficou inquieta com a situação, então resolveu criar um canal no Youtube chamado “Sou idosa, e daí?”.

Com o apoio do genro, ela publica conteúdos semanais com dicas de como aproveitar a quarentena com qualidade, sentir prazer em viver, diminuir a ansiedade e resgatar memórias da infância e da juventude.

Antes de cada gravação, dona Celeste faz uma busca na internet para saber que assuntos podem ser interessantes à terceira idade. Ela, inclusive, convida especialistas na área da saúde para falar dos temas. O vídeo é editado por um profissional. E o genro é quem publica nas redes sociais.

“Quando os idosos assistem aos vídeos, me dizem que se emocionam. Comecei a fazer uma série chamada ‘Resgatando Memórias’. Nela falo como era o vovô e a vovó de antigamente e como eles são nos tempos atuais”, conta ela.

Tecnologia minimiza solidão

Antes da pandemia, Celeste ia aos cultos no templo adventista central de Belo Horizonte (MG), fazia atividades físicas e recebia os netos em casa. Durante a pandemia, precisou ficar isolada dos amigos, da igreja e da família. Então, ela viu na tecnologia a possibilidade de amenizar a distância e a saudade.

vovó_internet
Vídeos da vovó também são publicados nas redes pessoais dela: Celeste Siqueira, no Facebook, e @celeste.lopes.siqueira, no Instagram: Foto: Renata Paes

Segundo a psicóloga Kenya Caxito, que é mestra em Comportamento e especialista em Depressão, a tecnologia, se bem utilizada, ajuda na saúde mental dos idosos. “Ela pode e deve ser usada para novos aprendizados, como assistir programas que tragam conhecimentos. Há muita coisa disponível na internet que pode acrescentar à vida dos idosos”, enfatiza.

Dia dos Avós atípico

Celeste sabe que o Dia dos Avós, neste ano, comemorado no domingo, 26 de julho, não será como nos anos anteriores, em que tinha os netos reunidos pela casa e sendo rodeada de abraços e beijos. Mesmo assim, ela não deixa de ser grata pela saúde e por ter condições de vê-los, ainda que pela tela do celular.

“Já que a gente não pode abraçar e beijar como gostamos, pega o seu celular e fala com os netos, brica com ele e mostra o teu amor por ele. Tenho certeza que ele vai falar que está com saudades. Essa é a melhor maneira que temos de prestigiar e homenagear o dia dos avós agindo assim”, declarou.

Veja as dicas da Vovó Celeste

*Com informações de Notícias Adventistas

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se