24 C
Vitória
quarta-feira, 21 abril 2021

Sony Music compra gravadora Som Livre, da Globo

Som Livre vai permanecer no centro criativo independente, mas dentro do domínio da Sony Music. Acordo oferece oportunidades de alcance global aprimorado para artistas locais

Líder do mercado fonográfico brasileiro, a Sony Music acaba de anunciar acordo definitivo com a Globo Comunicação e Participações S.A. para aquisição da empresa independente de música Som Livre. Acordo definitivo aconteceu depois de muita especulação.

O mercado já vinha acompanhando a movimentação da Rede em vender a sua gravadora. Os comentários dos bastidores era que as negociações giravam em torno de US$ 250 milhões a US$ 300 milhões, cerca de R$ 1,6 bilhão.

“Estamos encantados em investir na Som Livre e ampliar nossa relação com essa empresa tão especial. O Brasil é um dos mercados musicais mais dinâmicos e competitivos em crescimento no mundo e nós traremos enormes oportunidades para os talentos através da nossa visão compartilhada”, revelou Rob Stringer Chairman, Sony Music Group.

Expansão no mercado

Casa de muitos dos artistas mais populares do Brasil incluindo Marília Mendonça, Jorge & Mateus, Wesley Safadão, Lexa, e estrelas em ascensão como Israel e Rodolffo, Dudu MC, Filipe Ret e Grupo Menos é Mais, Som Livre se tornará um centro criativo independente dentro da Sony Music que continuará a contratar, desenvolver e promover seu próprio elenco de talentos, e fornecer uma ampla gama de serviços à comunidade musical brasileira. Marcelo Soares continuará como CEO da Som Livre.

“Som Livre teve um excepcional período de 50 anos como uma empresa da Globo. O suporte da Globo foi fundamental para o crescimento da Som Livre, sobretudo pela última década, quando construímos o negócio ao que ele é hoje. Olhando para o futuro e enxergando todas as oportunidades pela frente, é muito empolgante saber que teremos a Sony Music conosco.

Estamos, mais uma vez, no lugar certo para garantir as melhores possibilidades de desenvolvimento de carreira para nossos artistas e funcionários. Sou muito grato por tudo que conquistamos com a Globo, e estou ansioso por começar essa nova fase com a Sony”, conta Marcelo Soares, CEO da Som Livre.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se