A solidariedade do cristão que faz a diferença

O que move isso a solidariedade é o amor, que define a natureza de Deus. Foto: Reprodução

Em Taubaté, interior de São Paulo, um exemplo de solidariedade foi um morador de rua que foi acolhido durante culto na Igreja Assembleia de Deus

Compaixão e solidariedade são importantes para a genuína fé cristã. Compaixão lida mais com o interior, a vida espiritual, o coração. E a solidariedade trabalha mais com as ações, “sólidas”, “concretas”, que desaguam num comportamento de ajuda e companheirismo prático.

E o que move isso é o amor, que define a natureza de Deus. E determina a natureza de quem é nascido de Deus. “A solidariedade pode ser encontrada em vários grupos com ética e valores duvidosos. Mas a solidariedade cristã precisa seguir os valores do Reino de Deus, É um mandamento bíblico: ‘Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus’”, explicou o pastor Francisco Mecenas, da PIB Marília, SP.

Acolhimento

Um exemplo de solidariedade foi o que aconteceu na Igreja Assembleia de Deus, em Taubaté (SP). Imagens divulgadas nas redes sociais mostram um homem em situação de rua dormindo no colo de um dos membros da igreja.

Segundo a publicação, o homem entrou no templo agitado. Mas foi abordado por um dos membros, que logo o acolheu, ofereceu água e um abraço. E ele se acalmou.

A solidariedade é o caminho para a paz. Segundo o pastor, Deus pede para que os cristãos exerçam a solidariedade. O melhor exemplo é parábola do Bom Samaritano, descrita na Bíblia. O amor deve ser expressado a todos.

O membro da igreja com o morador de rua. Foto: Facebook

“O que Jesus mostra nesta história é como devemos tratar o diferente, o ‘desagrado’ até o inimigo. A solidariedade cristã verdadeira vem de um coração que ama a Deus e ao seu próximo.

Jesus diz que se não fizermos isso não seremos melhor do que os que não conhecem a Deus.

O amor e a solidariedade devem ser vistas nas coisas mais simples da vida, na família e nas relações de trabalho, dando as pessoas respeito, honra, consideração. Essa é a solidariedade que vem de Deus”, esclareceu.


leia mais

“O tempo agora é de refletir Jesus em nossos corações”
O cristão e o exercício da solidariedade