21.6 C
Vitória
sexta-feira, 12 agosto 2022

Silva e Luna evita comentar demissão da Petrobras: ‘é complexo’

Comunhao-Joaquim-Silva-e-Luna
Joaquim Silva e Luna. Foto: Reprodução/ Agência Brasil

O general Joaquim Silva e Luna fica no cargo até o dia 13 de abril

O presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, reservou-se a dizer aos jornalistas que o motivo de sua demissão é “complexo”. “Vou passar por um período de silêncio. Pretendo conversar com toda a imprensa, colocar informações e tirar dúvidas, até pela reputação da empresa que pode estar sendo arranhada”, respondeu, ao confirmar que fica no cargo até o dia 13 de abril.

Ele discursou durante a inauguração da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados da Justiça Militar da União, no Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília.

Na segunda-feira (28), o governo federal indicou Adriano Pires para comandar a empresa em meio às críticas de Bolsonaro à política de preços da estatal e ao reajuste dos combustíveis anunciado neste mês.

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se