24.5 C
Vitória
terça-feira, 26 maio, 2020

Silas Malafaia sobre a Forbes: “Deus é fiel”

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Entenda as diferenças entre a caminhada e a corrida

Quem está fora de forma deve iniciar pela caminhada, mas não precisa obrigatoriamente seguir para a corrida com o passar do tempo.

Ministério da Saúde orienta construção de hospitais de campanha em último caso

O Ministério da Saúde divulgou as regras de financiamento para a construção de novos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

Museu da Bíblia deve enviar mais um artefato de volta ao Iraque

A casa de leilões encobriu o histórico falso de compras do Tablet Gilgamesh, alega o procurador dos EUA. Saiba mais! 

Inscrições para o Enem seguem abertas até quarta-feira (27)

O valor da taxa é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio. Saiba mais! 

“Perdi parceiros, pessoas deixaram de colaborar com as obras sociais que nós mantemos”, afirmou o pastor

A revista Forbes se retratou publicamente com o pastor Silas Malafaia após um erro de informação em uma matéria veiculada no veículo em 2013. O pedido de desculpas foi feito na última sexta (3). O processo na Justiça foi concluído com um acordo entre as partes.

Nesta segunda-feira (6), o pastor fez um desabafo através de um vídeo em suas redes sociais, ao comentar a retratação da publicação.

“Graças a Deus. Deus é fiel. Eu fui caluniado em 2013 pela revista Forbes dizendo que eu era um dos pastores mais ricos do Brasil com patrimônio de US$ 150 milhões. O que dava a entender? Que se eu tinha esse patrimônio, como pastor, é porque eu roubei oferta, roubei o povo”, introduziu o pastor em um vídeo gravado sobre o assunto.

A matéria intitulada ‘Bispo Edir Macedo é o pastor mais rico do Brasil, com uma fortuna de US$ 950 milhões – Líder da Universal do Reino de Deus está à frente de Valdomiro Santiago e Silas Malafaia’” foi publicada no dia 18 de janeiro de 2013. O desentendimento entre a Forbes e Malafaia veio a partir de uma informação publicada no texto da reportagem de que dizia que Malafaia detinha patrimônio estimado em US$ 150 milhões.

No entanto, no pedido de desculpas, a Forbes reconheceu o erro na publicação. E formalizou o pedido de desculpas ao pastor.

“Diante da alegação de que a veiculação do informe, à época, teria ocasionado descontentamento por parte do pastor Silas Malafaia, vez que seu patrimônio na verdade, segundo ele, corresponderia a apenas 3% do valor citado na matéria veiculada, conforme documentos oficiais que teria voluntariamente disponibilizado, a FORBES, historicamente compromissada que é com a apuração da verdade dos fatos, lamenta o ocorrido e aproveita a oportunidade para oferecer escusas ao Pastor Silas Malafaia”, diz a nota.

Confira a aqui a nota de retratação

Resposta de Malafaia

No vídeo, Malafaia explicou como foi construído seu patrimônio. “Deixa eu dar dados para vocês. Primeiro: eu passei a ser pastor de igreja a partir de março de 2010. Todo o meu patrimônio é anterior a isso. Eu era conferencista. Vendi mais de 15 milhões de livros. Vendi mais de 2 milhões de palestras em DVD e recebia ofertas para dar palestras. Desde que eu sou pastor [de igreja] meu patrimônio não aumentou uma vírgula”.

Segundo Malafaia, os prejuízos foram grandes com a denúncia da instituição. “Provei com documentos oficiais que meu patrimônio é 3% do que a revista Forbes falou. A revista se retratou dessa calúnia que me custou muito caro. Perdi parceiros, pessoas deixaram de colaborar com as obras sociais que nós mantemos, porque quem é que quer colaborar com ‘ladrão’?”.

Sem citar nomes, ele concluiu fazendo um desabafo sobre pessoas no meio evangélico que insistem em fazer calúnias.

“Eu entrei na Justiça e fizemos um acordo de retratação que você pode ver. Agora, o que me deixa mais triste, eu vou dizer para você. Não é calúnia de ímpio. É gente no meio evangélico, do povo de Deus, que me caluniou e difamou. Queria dizer algo que Jesus falou no evangelho de Mateus, capítulo 12, versículos 36 e 37: que nós vamos dar conta de todas as palavras que falarmos. Nós vamos dar conta, no juízo, para condenação ou para justificação. Eu entreguei essa gente toda na mão de Deus. Vocês não têm ideia o que é a calúnia”, declarou.

Desabafo


Leia mais
- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Após saída do Ministério Zoe, Thamires Garcia em nova fase

Thamires Garcia anunciou sua saída do Ministério Zoe em janeiro para seguir carreira solo

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel

Orquestra virtual de crianças em “Trem das Onze”

O vídeo da Orquestra Virtual, com 23 participantes tocando em suas casas, faz parte de um programa da Secretaria Municipal de Educação do Rio...

Gateway Worship Kids em novo álbum musical

Grupo surpreendeu o público ao lançar o álbum “Todos Mis dias”. Gateway Worship Kids O grupo norte americano Gateway Worship Kids fez o lançamento do...