17.1 C
Vitória
segunda-feira, 27 junho 2022

Silas Magalhães lança “Come and Be My Love” em collab com Asha Elia

Foto: Divulgação

O single autoral, também produzido pelo cantor, traz uma pegada no R&B dos anos 2000 com uma mensagem de adoração ao Senhor. Ouça! 

Por Patricia Scott 

Silas Magalhães apresenta a mais nova canção de trabalho, apostando no inglês: “Come and Be My Love” (“Venha e Seja Meu Amor”, em tradução livre). O single autoral, também produzido pelo cantor, traz uma pegada no R&B dos anos 2000, semelhante ao que era feito por artistas, como Chris Brown. A música está disponível nas plataformas digitais.

“O refrão dessa música começou a ecoar no meu coração numa manhã de sábado, como uma oração mesmo. Naquele momento eu já sabia que Deus estava fazendo alguma coisa”, detalha Silas, que possui mais de 2 milhões de streams nas plataformas digitais com suas canções. Há menos de três meses, ele lançou “Fogo”.

“Come and Be My Love” conta com a participação especial da cantora britânica Asha Elia, de 26 anos. Por meio das redes sociais, em 2020, aconteceu o primeiro contato entre os artistas.

“Conheci o trabalho da Asha, em 2020, na música que ela fez com o artista nigeriano Limoblaze – “Jeje”. Desde então comecei a acompanhar as músicas dela através do canal BLSSD Music. Um belo dia, no ano passado, quando abro o Instagram, ela estava me seguindo. Minha mente explodiu! Começamos a conversar e a trocar figurinhas, então nasceu a collab”, revela Silas.

O som de Asha Elia une o R&B e o Afrobeats. Fazendo música desde 2017, ela conta com 20 singles lançados. Esta é a primeira parceria da cantora com um artista brasileiro.
“Descobri o trabalho do Silas Magalhães nas redes sociais. Posso dizer que ‘Come and Be My Love’ se tornou uma das minhas músicas favoritas neste ano e está sempre no meu repeat”, destaca Asha.

O lyric video da canção já está disponível no canal de Silas Magalhães, no YouTube. Para o projeto, o cantor adotou uma estética retrô que remete aos vídeos feitos em VHS, mesclando trechos de seus clipes com os de Asha e motions da letra da canção passando na tela.

“Come and Be My Love” é a primeira collab internacional de Silas Magalhães. No entanto, o artista jpa apostou outras vezes no inglês. Em 2019, ele lançou a canção “Things of Ü”. Já em 2021, o álbum “Estações” trouxe as faixas “Distance”, com quase 40 mil streams no Spotify, a romântica “Girl” e “Randez-Vous”, com forte influência da música dos anos 80.

“Minha experiência com a língua inglesa começou em 2010, quando uma banda holandesa veio a minha cidade. Tive a oportunidade de conversar com eles. Falei um inglês muito mau, que eu aprendi na escola. Eles riram de mim. Isso me fez querer aprender a falar certo pra ninguém nunca mais rir. Desde então comecei a estudar sem parar por conta própria. Nunca fiz nenhum curso de inglês. Tudo que eu aprendi quem me ensinou foi o Espírito Santo que me direcionava nos estudos”, revelou.

Vale destacar que “Come and Be My Love” é a terceira música de trabalho do EP “Não Tem Pra Quê Fugir”, que já conta com as canções “Chainz” e “Fogo” no repertório. A partir da parceria com Asha Elia, Silas Magalhães adianta que tem feito conexões com outros artistas internacionais que admira. Segundo ele, outra collab está a caminho, só que agora com uma cantora americana.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se