Série reacende a importância de discutir o suicídio

Google Imagens

“Oi, é a Hannah. Hannah Baker.”

Assim começam as últimas palavras da protagonista de “13 Reasons Why”, produção original da Netflix que estreou na última sexta-feira (31).

A desconfortável despedida de Hannah é um convite urgente da série para pensarmos os efeitos das palavras na vivência adolescente em um contexto de emoções subestimadas.

A gravação, deixada em analógicas fitas K7, lista os 13 motivos pelos quais Hannah, de 17 anos, decidiu terminar seu sofrimento com um suicídio. Cada motivo corresponde a um episódio.

De acordo com o CVV, desde a estreia da série, os pedidos de ajuda ou de conversa enviados por e-mail para o Centro de Valorização da Vida (CVV) aumentaram em mais de 100%, com 25 mensagens mencionando “13 Reasons Why”.

A equipe da Comunhão conversou com o pr. Hernandes Dias Lopes sobre as principais causas e prevenções, confira a matéria clicando aqui.