24.1 C
Vitória
terça-feira, 18 maio 2021

Ser sal & luz

Mais Artigos

Quanta Insensibilidade

O que é fé Teocêntrica?

O que o novo Ministro defende é o que está na Bíblia

Quando Bolsonaro indicou o Prof Decotelli para Ministro da Educação e soube da “mentirinha” que ele contou em seu currículo e por ser um cristão, confesso que fiquei triste e um pouco frustrado. Finalmente foi escolhido um novo ministro da educação e a imprensa fez questão de ressaltar que o escolhido é um “pastor”. Em outras palavras, alguém que não se pode confiar.

Mas fiquei mais tranquilo, depois da imprensa verificar e confirmar o currículo do novo pretendente, checar toda sua vida pública e privada, tentar descobrir os “podres” de sua carreira, encontraram, em um de seus sermões de 2016 (foram longe) algo desabonador e destruidor: ele defende o castigo físico para crianças. Em outro sermão, ele foi mais enfático, disse que “o pai, segundo a Bíblia, é que aponta o caminho que a família vai”. Os tópicos acima foram publicados pelo jornal Folha de São Paulo e segundo eles, são atitudes inaceitáveis para uma sociedade moderna!

O que o novo Ministro defende é o que está na BÍBLIA, ou seja:
Provérbios 13:24 – O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina.
Provérbios 22:15 – A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela.
Provérbios 23:13 – Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá.

Não quero assustar o Rev. Milton, mas ele ainda não viu nada! Não há lugar para os conceitos bíblicos em nossa sociedade pós-sodomizada. Princípios bíblicos como aborto, homossexualidade, casamento, criação de filhos, padrão ético e moral, etc., se tornarão cada dia mais uma questão de opinião pessoal e ai daquele que discordar ou criticar. Além de tornar-se um “fóbico” será taxado de fundamentalista e retrógrado.

Rev_Milton
Foto: Reprodução

Mas quero hipotecar minha solidariedade ao novo ministro e dizer para ele que temos a obrigação em ser sal e luz DO MUNDO. Isso mesmo, ser sal dentro do saleiro é fácil, mas nosso país precisa, mais do que nunca, que a igreja seja protagonista em nossa sociedade, apesar de todos os riscos que o Rev. Milton está correndo. Por mais que a sociedade moderna os despreze ou os ignorem, foram os valores cristão que trouxeram a humanidade até aqui sem que nos tornássemos bárbaros ou ogros. Nas nações mais desenvolvidas esses princípios são básicos e por exemplo, falar a verdade é um bem comum aos cidadãos e ninguém fica surpreso quando alguém confessa a verdade de forma natural.

O que posso dizer ao novo ministro é o mesmo que Deus disse para Abraão (não o Weintraub): Sê tu uma bênção.

José Ernesto Conti é escritor, engenheiro e pastor presbiteriano (IPB) em Vitória (ES)

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas