15.9 C
Vitória
quarta-feira, 27 maio, 2020

Semana Nacional do Trânsito começa nesta terça-feira (18)

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Toffoli tem resultado negativo em novo exame para coronavírus

Toffoli fará novos exames para descartar 1 falso negativo. Ele foi internado no sábado (23) para realizar uma cirurgia de drenagem de abscesso

Empresários de mais de 100 festivais de música do país assinam manifesto

Grupo se mobiliza para abrir rodas de discussões em busca de saídas e acompanhar a tramitação da Lei de Emergência Cultural no Congresso

Entenda as diferenças entre a caminhada e a corrida

Quem está fora de forma deve iniciar pela caminhada, mas não precisa obrigatoriamente seguir para a corrida com o passar do tempo.

Ministério da Saúde orienta construção de hospitais de campanha em último caso

O Ministério da Saúde divulgou as regras de financiamento para a construção de novos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

“Nós somos o trânsito” é o tema da campanha de 2018. Semana de conscientização vai até o dia 25 de setembro

A Semana Nacional do Trânsito é uma comemoração anual que acontece entre os dias 18 e 25 de setembro. A data foi estabelecida desde a criação do Código de Trânsito Brasileiro, em 1997. A Semana é caracterizada por uma série de eventos e ações educativas promovidas por todos os órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito.

A definição dos temas é feita anualmente pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a de 2018 é “Nós somos o trânsito”.

Para Eliane Pietsak, pedagoga e especialista em trânsito, o comportamento seguro e responsável de todos os envolvidos no trânsito é fundamental. “Seja condutor de veículo de passeio, moto, ônibus, caminhão, seja ciclista ou pedestre, todos têm a sua parcela de responsabilidade por um trânsito mais humano e menos violento”, explica.

Os dados

De janeiro a junho deste ano, os acidentes de trânsito provocaram 19.398 mil mortes e 20 mil casos de invalidez permanente no país. Os dados foram divulgados, no último dia 12, pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), órgão da Escola Nacional de Seguros, no Rio de Janeiro. As principais vítimas são homens de 18 a 65 anos e motociclistas.

Mais de 19,3 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito em 6 meses.

A economista e coautora do estudo Natália Oliveira alertou que os principais fatores associados aos acidentes são falta de educação, desrespeito às leis, excesso de velocidade, ingestão de álcool, direção perigosa e uso de celular.

“Falta respeito à legislação, porque lei a gente tem. Falta respeito e saber o quanto isso está impactando negativamente na nossa economia”, disse a economista, informando que as estatísticas revelam que, em média, 75% dos acidentados eram homens e cerca de 90,5% estavam na idade economicamente ativa, isto é, de 18 anos a 65 anos de idade.

Prejuízos

Os acidentes somaram R$ 96,5 bilhões, valor que corresponde ao que as vítimas poderiam ter produzido, pois foram atingidas em plena fase economicamente ativa.

O fator que mede a perda da capacidade produtiva é denominado Valor Estatístico da Vida (VEV) e se refere a quanto cada brasileiro é capaz de produzir ao longo de sua vida útil.

De acordo com o estudo, baseado em indicadores do seguro obrigatório contra acidentes de trânsito, o DPVAT, o número de mortes permaneceu no mesmo patamar de igual período do ano passado (19.367), mas os casos de invalidez permanente diminuíram 16%. Nos primeiros seis meses de 2017, o total de pessoas com invalidez permanente alcançava 23.938.

Impactos

Em relação ao primeiro semestre de 2017, quando o impacto econômico atingiu R$ 103 bilhões, houve redução de 7% nas perdas geradas pela violência no trânsito no acumulado janeiro/junho de 2018.

Porém, em alguns estados observou-se ampliação das perdas, com destaque para Amazonas (+27%), Roraima (+25%), Mato Grosso (+22%). Em contrapartida, os estados do Rio Grande do Sul, Acre e Amapá registraram as maiores reduções de prejuízos econômicos no trânsito (-26%, -24% e -23%, respectivamente). No Rio de Janeiro, o aumento foi de 3%, enquanto em São Paulo ocorreu queda de 7%.

A Região Sudeste apresentou o maior valor de perdas econômicas com os acidentes no trânsito (R$ 36,7 bilhões). Já o menor percentual foi registrado no Norte do país: R$ 5,89 bilhões.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Em breve, primeiro single de Kemuel Worship Filhos: Lado B

“Algo Novo”, com participação especial de Lukas Agustinho, é o primeiro single do novo projeto de Kemuel 

Daniel Júnior canta “Deus cuida de mim”

Gerado em momento de dor, novo single de Daniel Junior está disponível nas plataformas de streaming, Ouça a canção!

Após saída do Ministério Zoe, Thamires Garcia em nova fase

Thamires Garcia anunciou sua saída do Ministério Zoe em janeiro para seguir carreira solo

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel