27.6 C
Vitória
quinta-feira, 25 fevereiro 2021

Sem auxílio, vendas do varejo podem ceder 11,7% no País em 2021

Conforme o levantamento, uma queda de 2,6% nas vendas do Estado de SP em 2021 na comparação com 2020

Por Maria Regina Silva (AE)

O varejo paulista deixará de faturar média de R$ 4,1 bilhões por mês este ano caso não tenha nova rodada do auxílio emergencial pelo governo federal, como mostra estudo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Essa estimativa significará, conforme o levantamento, uma queda de 2,6% nas vendas do Estado de SP em 2021 na comparação com 2020, o que representa um faturamento de R$ 747,5 bilhões.

No fim do ano passado, as famílias que receberam o benefício destinaram 67,7% dessa renda para o consumo de bens e produtos do varejo, o que foi revertido em R$ 32,4 bilhões para o setor. Em 2020, o total faturado pelo setor foi de R$ 779,9 bilhões, com média mensal de R$ 65 bilhões. Ou seja, houve aumento de 1,6% em relação a 2019.

Ao considerar o desempenho do comércio varejista nacional, uma não recriação do auxílio emergencial levará a uma retração de 11,7% no movimento do setor em 2021 no confronto com 2020. No ano passado, o faturamento no Brasil atingiu R$ 2,06 trilhões, com média mensal de R$ 172,2 bilhões. Para este ano, a expectativa da FecomercioSP é que os varejistas do País faturem R$ 1,87 trilhão, com uma média de R$ 147,8 bilhões por mês.

De acordo com o estudo, isso porque, em âmbito nacional, as parcelas de R$ 600 e depois R$ 300 pagas pelo governo federal às famílias mais necessitadas injetaram R$ 196,4 bilhões no varejo. “De tudo o que foi distribuído pelo auxílio, 68,3% foram destinados ao consumo varejista”, cita a nota.

Emprego

Em 2020, no varejo do Estado de São Paulo, foram fechadas 60 mil vagas de empresas, segundo a FecomercioSP. “Em um contexto de normalidade, o setor teria, hoje, 410 mil empresas, mas fechou o ano passado na marca de 350 mil – uma redução de 14%”, afirma. No período, o volume de pessoal ocupado caiu cerca de 16%, indo de 2,5 milhões de postos ativos de trabalho para 2,1 milhões.

Já em todo o Brasil, o montante de pessoas trabalhando diminuiu em 1 milhão ao longo de 2020 – de 8,7 milhões de pessoas para 7,7 milhões -, resultado do fechamento de cerca de 200 mil empresas durante o ano passado. Hoje, o setor registra cerca de 1,1 milhão de organizações operando no País.

Parte dos impactos negativos sobre a estrutura varejista é explicada pela FecomercioSP pelas ações adotadas para controlar a pandemia do novo coronavírus, como as restrições de circulação de pessoas e o fechamento de lojas físicas durante a primeira metade do ano.

A expectativa do governo é aprovar o auxílio emergencial em três semanas. As parcelas deverão ser de R$ 250, a um custo total de R$ 30 bilhões, sendo distribuídas entre março e maio, podendo até mesmo atingir junho.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Primeira vacinada na Bahia está com covid-19 antes de tomar a 2ª dose

O quadro clínico é estável, mas, com falta de ar, a enfermeira tem auxílio de oxigênio externo para respirar Por Fernanda Santana, especial para o...

Cenário crítico, cidades manterão medidas mais rigorosas no interior de SP

Dezenas de cidades do interior estão com toque de recolher por períodos mais amplos Por José Maria Tomazela (AE) Com aumento de casos graves, mortes e...

Mourão: governo está tentando aos poucos aproximação para privatizar Eletrobras

O governo federal publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, texto da Medida Provisória 1.031, que trata da desestatização da estatal de...

Chile vacina mais de 15% da população e lidera a corrida na América Latina

Em 21 dias, mais de 3 milhões de habitantes haviam recebido a vacina Por Fernanda Simas (AE) O bom planejamento na compra de imunizantes contra a...

Casa Branca anuncia distribuição de 25 milhões de máscaras a centros comunitários

O objetivo é reduzir a disseminação das novas variantes do coronavírus, que se espalham de forma mais rápida Por Iander Porcella (AE) São Paulo, 24 (AE)...

Com recorde de internações, SP decreta toque de restrição a partir de sexta-feira

A medida, acontece devido ao recorde de pessoas internadas em São Paulo desde que o primeiro caso foi registrado no País Por Matheus de Souza...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!

André Valadão: Humor para explicar temas polêmicos da Bíblia

Conhecido por sua forma extrovertida de ministrar, o cantor e pastor André Valadão tem usado sua conta no instagram para tirar dúvidas de internautas sobre temas polêmicos