17.7 C
Vitória
segunda-feira, 3 agosto, 2020

Selo dos 500 anos da Reforma Protestante

Leia também

Justiça proíbe venda de livro que orienta castigo físico em crianças

A decisão é contra a circulação do livro "O que toda mãe gostaria de saber sobre disciplina bíblica", da escritora, Simone Quaresma.

Igrejas poderão contratar crédito subsidiado para pagar salários

Em maio, parlamentares ligados às igrejas evangélicas pediram apoio da área econômica do governo para conseguir acesso a empréstimos bancários. Saiba mais!

Contratações em linha com fundo de aval do BNDES já somam R$ 3,3 bi

Os empréstimos devem ser de, no mínimo, R$ 5 mil, e, no máximo, R$ 10 milhões por cliente em cada banco repassador. Saiba mais!

Correios comemoram os 500 anos da Reforma Protestante lançando carimbo e selo com a imagem de Martinho Lutero.

Na Alemanha, principal igreja evangélica convida o Papa Francisco para participar das comemorações.

500 anos atrás, quando o monge Martinho Lutero pregou na porta da catedral de Wittenberg as 95 teses da reforma em 31 de outubro de 1517, jamais poderia imaginar que um dia o líder máximo da igreja que lhe perseguiu poderia ser convidado a participar das comemorações pela reforma. Ou ainda, talvez, que uma agência de transportes como o Correios lançaria um selo com a imagem do seu rosto em celebração a essa conquista.

Esse ano, no próximo dia 31 de outubro, vamos comemorar 500 anos da Reforma Protestante. Mais do que um “protesto”, esse movimento foi um divisor de águas na formação de culturas, valores e principalmente no exercício da fé cristã em todo mundo.

Em face disso, dois acontecimentos marcam a comemoração desse ano. O primeiro é o lançamento de um selo e um carimbo em comemoração pela reforma, pela maior empresa de transporte do Brasil, os Correios, em parceria com o serviço postal da Alemanha. O segundo é o convite feito pela principal igreja evangélica da Alemanha ao líder da Igreja Católica, o Papa Francisco, para celebrar os 500 anos de ruptura com a “igreja oficial”.

Segundo informações do Instituto Humanitas Unisinos , o Presidente do Conselho das Igrejas Evangélicas (Evangelische Kirche in Deutschland – EKD) na Alemanha, que reúne cerca de 24 milhões de evangélicos de orientação luterana, Bispo Heinrich Bedford-Strohm, afirmou que por ter nascido na Alemanha a reforma, eles tem uma responsabilidade maior na construção do diálogo ecumênico: “As nossas igrejas sentem uma responsabilidade especial em desenvolver o ecumenismo, uma vez que as divisões começaram conosco na Alemanha”, disse Strohm.

O Papa Francisco, por sua vez, não confirmou a participação nas comemorações, mas acredita-se que deverá confirmar presença, uma vez que já esteve em um evento semelhante em comemoração a reforma de Lund, na Suécia, em outubro do ano passado. A comemoração dos 500 anos, porém, tem suma importância e a possível presença do Papa na Alemanha poderá ser um marco histórico entre as duas comunidades, evangélica e católica.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”

Terceiro bloco do projeto “ASU”, de Priscilla Alcantara

Projeto, que conta com 12 canções, traz releituras de grandes sucessos de Priscilla Alcantara 

Thalles Roberto em novo momento na carreira, agora na Sony

Em live realizada nesta sexta-feira, 31, o artista anunciou a novidade já com lançamentos: "Tenho muita vontade de voltar a focar minha carreira no Brasil", declarou

“Um evangelho de esperança”, de Walter Brueggemann

Repleto de insights importantes sobre espiritualidade e cultura, Walter Brueggemann propõe reflexões sobre a relevância da fé cristã em meio aos desafios da sociedade contemporânea.