26.6 C
Vitória
terça-feira, 31 março, 2020

Segundo estudo, perseguição a cristãos se compara à Roma de Nero

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Atletas mantêm vagas para os Jogos Olímpicos em 2021

COI confirmou que os atletas já classificados para os Jogos Olímpicos tem vaga assegurada. A nova data do evento será de 23 de julho a 8 de agosto de 2021

Consultor da Red Bull queria que os pilotos pegassem a COVID-19

O conselheiro de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, queria que os pilotois de formula 1 de sua equipe, fossem infectados com o COVID-19

McLaren vai produzir 10 mil ventiladores respiratórios

Equipe de Fórmula 1 disponibilizou a fábrica de carros junto com outras empresas para fabricar equipamentos médicos para ajudar as vítimas da Covid-19

Abertura dos jogos olímpicos acontecerá em julho de 2021

Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm nova data definida para serem realizados: de 23 de julho a 8 de agosto de 2021 na capital japonesa

Os cristãos atualmente estão enfrentando uma perseguição que estaria “em pé de igualdade” com o que ocorria sob o imperador romano Nero.

Um encontro promovido pela International Christian Concern em Washington, EUA, que reuniu ativistas e um desertor norte-coreano detalhou os graves abusos contra os direitos humanos perpetrados contra cristãos. Uma atenção maior foi dedicada à situação na Coreia do Norte, onde todos que vivem sob o regime comunista de Kim Jong-Un sofrem abusos.

Vários estudiosos do assunto apontaram que a conduta do ditador transformou o país no mais fechado do mundo, onde há uma tentativa deliberada de se extinguir o cristianismo.
Greg Scarlatoiu, diretor executivo do Comitê de Direitos Humanos na Coréia do Norte, afirmou: “Antes da tomada do poder comunista, a capital Pyongyang era conhecida como a ‘Jerusalém do Oriente’. Na Coréia do Norte, o cristianismo era praticado abertamente e a existência de várias igrejas na mesma rua [era] uma visão comum”.

O especialista já liderou esforços para a publicação de pelo menos 24 relatórios e livros sobre os abusos dos direitos humanos dos cristãos. Scarlatoiu lembrou que foi a partir da decisão do Comitê Provisório do Povo, em 1946, que a Coréia do Norte forçou o fechamento maciço de igrejas.

Os agitadores do Partido Comunista foram inseridos em comunidades cristãs católicas e evangélicas e começaram a criticar os sermões que não se alinhavam ao regime, destaca.
Em 1962, o então presidente Kim Il-sung, avô de Kim Jong-Um, afirmou: “não podemos avançar em direção a uma sociedade desenvolvida com pessoas religiosas. Por isso temos de julgar e punir aqueles que ocupam cargos de liderança nas igrejas protestantes ou católicas”.

Essa medida teve grande impacto, pois se em 1948, antes do comunismo, cerca de um quarto da população norte-coreana pertencia a alguma crença religiosa, em 2017 o número está agora abaixo de 1%.

Ao longo dos anos, o regime dos “Kim” matou centenas de milhares de seu próprio povo sob diversas alegações, começando com Kim Il-sung, continuando com seu filho, Kim Jong-il, e perpetuou-se com seu neto, Kim Jong-un.

Fazendo uma comparação com os índices atuais de perseguição, Scarlatoiu acredita que a liberdade religiosa é a principal questão na defesa dos direitos humanos no século 21. “Essa perseguição religiosa, em particular aos cristãos, é comparável com a Roma de Nero, bem como com o genocídio assírio, grego e armênio da Primeira Guerra Mundial ou o genocídio dos Yazidi”, sentenciou.

Há estudos que apontam que um cristão é martirizado, em média, a cada cinco minutos em algum lugar ao redor do mundo.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Oficina sobre comicidade no ambiente hospitalar

O Lacarta Circo Teatro abre inscrição para palhaço hospitalar. A oficina acontecerá dia 14 e 15 de março das 09h às 16h, na sede...

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento

Vem aí o Festival de Cinema Cristão 2020

Entre as novidades do Festival desse ano estão a abertura para a categoria de filmes para surdos e mudos. Inscrições começam dia 1º de abril e vão até 30 de junho

Um encontro diário com a Palavra de Deus

A SBB mobiliza-se para levar esperança à população brasileira, disseminando, pelos meios digitais, a mensagem da Bíblia Sagrada. Entre as ações estão a campanha #PalavradeEsperança e o podcast Um minuto com a Bíblia

Como a pandemia deve ser encarada pelos cristãos?

“Creia no sobrenatural de Deus”, diz médica cristã, ao falar sobre o medo do coronavírus e como os cristãos devem encarar a pandemia