24.4 C
Vitória
sexta-feira, 18 setembro 2020

Sedu [email protected]: mais tecnologia no dia a dia dos estudantes da rede estadual

Leia também

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

Mais de 250 mil estudantes, das escolas de Ensino Fundamental e Médio da rede estadual do Espírito Santo, iniciaram o ano letivo nesta segunda-feira (15) e muitas novidades estão por vir.

A Secretaria de Estado da Educação anunciou a implantação do programa Sedu [email protected], que promoverá diversas ações em 2016, reunindo objetos e recursos digitais voltados ao apoio dos processos de ensino e aprendizagem dentro e fora da sala de aula.

O Sedu [email protected] tem como objetivo facilitar o acesso de educadores a materiais educativos de base tecnológica, de forma a enriquecer e dinamizar as práticas pedagógicas. Além disso, ferramentas também irão apoiar os estudantes que querem aprofundar seus estudos e familiares preocupados em acompanhar a educação de seus filhos.

Para o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha “o Sedu [email protected] não implicará em grandes mudanças físicas nas escolas, mas na introdução de sistemas digitais pedagógicos que já existem e são sucesso em outros estados. O programa, que vai ser implantado nas escolas estaduais a partir de maio, será disponibilizado para 100% dos estudantes e professores. Uma Gerência de tecnologia foi criada para instruir quanto ao uso das ferramentas”.

Entre as ações propostas pelo Sedu [email protected] estão metodologias ativas, plataformas e conteúdos digitas para Reforço Escolar, EJA e Ceeja Digital, Pré-Enem Online, Currículo Interativo (banco de objetos de aprendizagem), Plataforma de Cursos (inglês, libras e outros) e Correção de Fluxo.

A proposta é desenvolver cultura/experiência digital integrada ao desenvolvimento e fortalecimento do currículo escolar, por meio de formação e assessoramento, metodologias ativas, estímulo ao engajamento e produção de conhecimento e valorização das produções escolares. “Assim como a Escola Viva, a tecnologia também faz parte das metas do plano nacional e estadual de Educação. Utilizar as tecnologias na escola possibilita aos estudantes uma aprendizagem significativa, em que eles aprendem a fazer na prática, experimentando novas possibilidades de aprender no seu ritmo e com as ferramentas certas, adequadas às suas expectativas. São ferramentas já de domínio dos estudantes e incorporadas em seu dia a dia e que precisamos inserir nas escolas da rede estadual essa cultura digital”, explicou Haroldo Rocha.

O secretário, Haroldo Rocha, também anunciou melhoria na infraestrutura tecnológica das escolas rede estadual com a implantação de wi-fi em todas as escolas estaduais, laboratórios de informática móveis, renovação do parque tecnológico instalado, aumento e expansão da conexão banda larga nas escolas, manutenção dos equipamentos nas escolas, portal educacional (alunos e professores), e-mail para os estudantes e profissionais da educação e integração dos portais para login único.

Para a estudante do terceiro ano Gleyce Kelly, da Escola Estadual Professor Fernando Duarte Rabelo, “será muito positiva a implantação do Pré-Enem digital, pois muitos alunos não têm condição financeira de pagar um cursinho. Acredito que o wi-fi também será legal, pois aqueles que têm interesse de aprender vão ter mais uma oportunidade e opção de estudo. Vai ser bom para revisar a matéria no dia das provas e fazer pesquisas”.

Aprendizagem Móvel
Os estudantes da rede estadual serão estimulados a utilizar os dispositivos móveis para ler e-books, fazer pesquisas na internet, acessar jogos educativos e conteúdos digitais e participar de grupos de estudo em mídias sociais e fórum de discussões.
Eles poderão fazer pesquisas e registrar fotografias, vídeos e anotações. Seus registros são armazenados na Web (blog, fórum) e podem ser acessados inclusive fora da escola. Além disso, poderão apresentar os trabalhos no projetor interativo para os colegas e professor, em forma de seminários. O acesso e debates podem continuar no ambiente virtual (blog ou outro).

Reforço Escolar
Com conteúdos disponíveis, professores incentivadores e tutores especiais, os estudantes do Ensino Fundamental e Médio farão uso de tecnologias disponíveis nas escolas para reforçar a aprendizagem.
A ideia é promover ações de recuperação contínua de aprendizagem, mediante o enriquecimento curricular e o desenvolvimento de competências e habilidades estruturantes nas disciplinas de Língua Portuguesa e de Matemática.

Pré-Enem Online
No ambiente virtual os estudantes poderão estudar o conteúdo estruturado na matriz curricular prevista para o Enem e fazer simulados com questões baseadas nas últimas provas.
Integrado a uma plataforma e visando implantar a metodologia de ensino híbrido, o aluno terá apoio presencial nos polos e aulões temáticos por regional.
A ação presencial será desenvolvida em sintonia com a virtual, uma vez que o ambiente virtual será estruturado com ferramentas em diferentes plataformas: site contendo coleção de conteúdos multimídia, aplicativos para dispositivos móveis, ambiente digital personalizado, rede social e outros.
Os estudantes poderão fazer uso de plataformas adaptativas, aplicativos celulares e conteúdos digitais.

Currículo Interativo
Será disponibilizada uma plataforma com objetos digitais de aprendizagem, permitindo ao professor aproveitar o potencial das tecnologias para conferir mais qualidade, criatividade, interatividade e engajamento aos processos de aprendizagem.
Os conteúdos serão públicos, para uso online e off-line, e permitirá buscas por: componente curricular, nível de ensino, temas curriculares, temas transversais e tipo de mídias.

Formação
Uma plataforma de cursos irá proporcionar oportunidades para o desenvolvimento de novas formas de expressão linguística e enriquecimento curricular. Serão ofertados cursos de Inglês, Libras, Programação, Metodologias, entre outros.
Serão disponibilizados cursos auto instrucionais, que possuem sistema de gestão para acompanhamento do progresso dos alunos, certificação para os concluintes e será acessível para os profissionais da Educação e estudantes.

EJA e CEEJA Digital
A proposta da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja) Digital será garantir ao aluno um estudo mais interativo e dinâmico através de recursos midiáticos e interacionais, trazendo mais acesso, mais autonomia e realização de avaliação no tempo do aluno.
Para o CEEJA Digital, será criado um sistema de ensino atemporal, utilizando uma metodologia de estudo por módulos/fascículos didáticos, desenvolvendo procedimentos de avaliação pautada do desenvolvimento de competências e habilidades a partir de, no mínimo, uma avaliação formal, ao término dos estudos de cada fascículo. Será ampliado o número de Centros no Estado de quatro para 11, sendo um em cada regional.

Programa de Correção de Fluxo
Será implementado o Projeto Telecurso, que foi contextualizado para corrigir a defasagem idade-ano de alunos. A Tecnologia Educacional Telecurso possui um kit contendo material audiovisual, em mídia DVD e livros didáticos para os estudantes e guias para os professores.

Google Sala de Aula
O Google Sala de Aula foi criado para professores e estudantes para facilitar a comunicação da turma, acompanhar o progresso dos alunos e permitir que professores e alunos atinjam resultados melhores juntos. Por meio de uma parceria com a empresa, as escolas terão ambiente virtual para simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos desenvolvidos pelos alunos.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Ministro da Educação diz não fazer pregação e reforça ‘valores’

Na quinta-feira, 10, Ribeiro foi criticado após afirmar que os jovens são "zumbis existenciais" por não acreditarem em Deus ou na política, durante evento no Palácio do Planalto

Resultado do Sisu sairá amanhã, diz MEC

Mais de 800 mil candidatos disputam 51.924 mil vagas. Saiba mais!

Começam hoje inscrições para o Sisu

Pela 1ª vez, serão ofertadas vagas na modalidade a distância. Saiba mais!

Bolsonaro escolhe Renato Feder como novo ministro da Educação

A expectativa é que o anúncio seja feito ainda nesta sexta-feira (3). Saiba mais!

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local. Saiba mais! 

Redes de ensino contam como lidam com a pandemia

Pesquisa Educação que Faz a Diferença mapeou 118 redes de ensino. Saiba mais! 

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.

Brasil está lendo menos, mas a Bíblia ainda é o livro preferido

Apesar dos leitores brasileiros estarem lendo menos, pesquisa "Retratos da leitura" apontou que a Bíblia continua sendo o livro preferido dos brasileiros. Saiba mais!