22.4 C
Vitória
quarta-feira, 27 janeiro 2021

Bruno: espaço para extensão de auxílio é muito reduzido

“A medida que está reduzindo auxílio e aterrissando no Bolsa Família, a economia vai retomando”, disse o secretário do Tesouro

Por Amanda Pupo e Lorenna Rodrigues (AE)

O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, afirmou nesta terça-feira, 24, que o espaço para extensão do auxílio emergencial é “muito reduzido”, “se não zero”. Funchal participa de audiência pública na Comissão Mista que discute as ações do governo de combate à covid-19. Diante desse cenário, Funchal destacou que a formação de poupança em razão do volume do benefício concedido pode “ajudar” no início de 2021.

“Quando a gente olha o resultado proporcionado pelo auxílio em termos de formação de poupança, você vê que tem ainda, por conta do volume do auxílio, uma poupança das famílias que foi formada, que pode ajudar no início do ano que vem”, disse Funchal.

Já para as famílias mais pobres que precisaram gastar mais, o secretário citou a aterrissagem no Bolsa Família. “Mesmo que ela seja assimétrica, ou seja, as famílias mais pobres usaram mais a poupança, provavelmente essas famílias já vão aterrissar no bolsa família. E tem todo o critério de elegibilidade do Bolsa Família”, disse Funchal.

Na audiência, deputados e senadores cobraram o governo em relação à manutenção do auxílio emergencial. O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) disse que a manutenção de um auxílio financeiro para a população atingida pela pandemia é fundamental “Seria uma tragédia se a partir de janeiro as forças políticas e a economia não encontrarem uma forma de permanecer um auxílio financeiro. É fundamental esse conceito permanecer, vamos encontrar as formas dentro da responsabilidade fiscal”, afirmou

“A medida que está reduzindo auxílio e aterrissando no Bolsa Família, a economia vai retomando, e é importante uma rampa de acesso, que permita que se tenha uma evolução, mobilidade social, ainda dentro da necessidade de transferência, e indo para o mercado de trabalho. Mas uma agenda importante é da desoneração da folha que vai permitir redução da informalidade”, destacou o secretário do Tesouro.

Repique de covid-19

Funchal afirmou que ação do governo em caso de uma nova onda de coronavírus será “em escala muito menor”. Ele pontuou também que o espaço agora é “praticamente zero”.

“Se tiver repique em relação a covid-19, qual o plano B? No fundo, todos nós aprendemos durante este ano, não só governo, com as políticas públicas, mas empresas e pessoas, então nós agiremos melhor do que agimos ao longo do ano, com esse aprendizado, certamente sendo ainda mais eficiente”, disse o secretário, segundo quem o governo não enxerga a possibilidade de reedição de decreto para prorrogar o estado de calamidade pública em razão do coronavírus.

“Sempre considerando que o recurso é muito escasso. Já era escasso antes, e agora é praticamente zero de espaço. Aprender e agir. É claro que provavelmente se tiver vai ser algo em escala muito menor”, afirmou Funchal.

Na audiência, o secretário de Orçamento do Ministério da Economia, George Soares, acrescentou que, se houver uma nova agudização da pandemia, o governo terá que voltar a conversar com o Congresso Nacional sobre como fazer frente a eventuais novas despesas, que não estão previstas no orçamento do ano que vem.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Disciplinas espirituais em tempos de pandemia!

Mesmo em meio a dúvidas e preocupações com a pandemia do coronavírus, uma certeza permanece: nosso Deus continua trabalhando! Disciplinas espirituais são importantes o tempo...

Infecção por covid-19 dá alguma imunidade, mostra estudo

Os especialistas alertaram que as descobertas significam que as pessoas que contraíram a doença na primeira onda da pandemia

Juíza federal dá 24h para União e AM apresentarem plano para oxigênio

Os órgãos pedem uma liminar urgente para obrigar os governos federal e estadual a agirem para resolver a situação de desabastecimento de oxigênio

Itamaraty: Índia tem ‘boa vontade’ para liberar vacina

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, disse que é "muito cedo" para falar sobre exportação de vacinas para outros países

PT vai ao STF para pedir atuação do governo federal na crise de Manaus

O estoque de oxigênio se esgotou em diversos hospitais e pacientes morreram por asfixia, segundo relato de médicos

Internações por covid-19 em Manaus dobram em menos de 15 dias

o Amazonas teve 258 novas internações por covid-19, número que é 53% maior do que o pico do novo coronavírus em 2020

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Glorify, o app para meditações e devocional diário

Criado em 2019 na Inglaterra, o app Glorify acaba de chegar ao Brasil na versão em português. Trata-se de um app voltado para reflexões, meditações guiadas, orações e passagens bíblicas.

Fé na caminhada cristã! Fernandinho batiza os filhos

Ao lado do pastor Rodrigo Oliver, Fernandinho batizou seus filhos neste domingo, 17 e escreveu no instagram: "Um dos melhores dias das nossas vidas", escreveu o artista.

Vietnã ganha a primeira Biblioteca pública cristã

Vietnã ocupa a 19 colocação na Lista Mundial da Perseguição de 2021, da Portas Abertas. Saiba mais!

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.