23.8 C
Vitória
segunda-feira, 6 dezembro 2021

E se o ganhador da Mega-Sena Morrer?

Mais Artigos

Hoje eu tenho mais chance de morrer de Coronavírus do que de ganhar na Mega-Sena. Então, do que adianta ter tudo nessa vida e não ter Jesus?

Porque Deus amou tanto o mundo que deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3:16) Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Você morrerá esta noite. E, então, quem ficará com o fruto do seu trabalho? (Lucas 12:20)

A Mega-Sena está acumulada em 90 milhões para o sorteio do dia 13/05/2020 meu Deus, eu preciso ganhar 90 milhões, estou com umas continhas atrasadas, preciso comprar algumas coisas, e por causa dessa pandemia de histeria coletiva onde o uso político ideológico de oportunistas fez da pandemia do Coronavírus uma armadilha jogando a economia em um abismo de proporções catastróficas, criando um colapso financeiro e social onde a recessão, vai gerar desemprego, miséria e muito mais mortes a longo prazo.

A previsão de queda do PIB no Brasil já é de 4,11%, bem a minha previsão pessoal de queda no faturamento já é bem maior do que isso. Como trabalhador autônomo as perspectivas não são nada animadoras. Agora mais do que nunca eu preciso ganhar na loteria…

De acordo com a lei da probabilidade se eu fizer um jogo de seis números eu terei uma chance em 50.063.860 o que corresponde a 0,000002%. Porem eu quero falar de uma outra loteria onde já estou inserido mesmo sem querer participar. Hoje no Brasil para 163.427 doentes confirmados, temos 11.168, mortos, ou seja, 6,83% daquilo que os especialistas chamam de taxa letalidade.

“Brincando” com os números, o Brasil tem 209 milhões de habitantes, destes 15% são o chamado grupo de risco ou seja 31.350.000 e destes se manter a taxa de 6,83% teremos hipoteticamente um número de 2.141.205 de mortos, como faço parte do grupo de risco…

Se eu jogar na Mega-Sena tenho uma chance de ganhar em 50.063.860, porém a chance de morrer de Coronavírus é de uma em 2.141.205, em resumo hoje eu tenho querendo ou não 23,38 vezes mais chance de morrer de Coronavírus do que de ganhar na Mega-Sena.

Ao ler a matéria sobre a bolada acumulada da Mega-Sena me veio um pensamento: “Só falta o ganhador morrer de Convid-19…” Se for pensar na probabilidade de ser assaltado na rua, não vou sair de casa. Se ficar pensando na probabilidade de um acidente aéreo, nunca mais vou entrar em um avião. Se pensar na probabilidade de ser atropelado, não vou atravessar a rua. Se ficar pensando na probabilidade de morrer não vou viver.

Eu não acho que vou morrer, eu sei que eu vou morrer. A probabilidade para se morrer estando vivo é de 100%, isso não é uma aposta de loteria, isso é a vida. Quando o mundo entrou em recessão após a crise da quebra da Bolsa de Nova Iorque em 1929, perguntaram a um economista se ele tinha uma previsão otimista para a economia, sua resposta foi fantástica: “A longo prazo na mais otimistas de todas as previsões todos estaremos mortos, e mortos nenhum de nós estaremos preocupados com a economia mundial…”

Na série Cosmos de Carl Sagan (Ateu), o astrofísico e agnóstico Neil deGrasse Tyson, (também ateu…) ao falar sobre o tempo disse: “O que é uma vida humana de 80 anos perto da eternidade?” Claro que não podemos ficar de forma paranoica pensando na morte que nos impede de viver a vida, porem nunca podemos esquecer de que pela lei da “probabilidade” seremos “sorteados” com a morte. Um dia ela vai chegar com ou sem Coronavírus. Do que adianta ter tudo nessa vida e não ter Jesus?


Pastor Cláudio Godoy – Escritor, ex Professor de Teologia no Instituto Teológico Quadrangular e pastor e membro da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG)

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas