back to top
25.9 C
Vitória
quinta-feira, 20 junho 2024

Sarah Beatriz: talento inovador na adoração

“É muito bom viver sob a direção de Deus”

Fenômeno nas redes sociais, a jovem cantora, em menos de um mês, atingiu a marca de três milhões de visualizações com o lançamento “Promessas”

A voz é forte, imponente. Já o perfil é extrovertido, com a fala bastante natural e segura. Aos 24 anos, Sarah Beatriz já conquistou espaço no concorrido mercado fonográfico gospel. Nas redes sociais, a jovem é um fenômeno. São 2,5 milhões de seguidores somente no Tik Tok. No Instagram, são 1,4 milhão, e no canal da cantora no YouTube há 1,6 milhões de inscritos. Recentemente, a artista lançou a canção “Promessas”, ao lado do cantor Samuel Messias. Em menos de um mês, ultrapassou a marca de três milhões de visualizações. O single é uma versão de “Promises”, do grupo Maverick City Music. É a primeira canção apresentada ao público do novo projeto da cantora pela Musile Records, que inclui cinco faixas. A gravação aconteceu em São Paulo com uma plateia de mais de 150 pessoas.

Sarah revela que gravaria “Promessas” com outro artista, mas acabou não acontecendo. “Essa história é muito louca. Orei, pedindo a Deus que enviasse alguém para gravar comigo. Fui convidada para a célula de um amigo. O Samuel Messias estava lá. Ele olhou para mim, do nada, e perguntou se eu conhecia a música, que era muito bonita, e começou a cantar. Entendi que era resposta do céu. Convidei-o”. O convite, segundo a cantora, aconteceu três dias antes da gravação. “Ensaiamos na hora. Deu certo. É muito bom viver sob a direção de Deus. Não seria tão perfeito se tudo tivesse sido planejado.”

Desistir, jamais

Sarah Beatriz permaneceu três anos fora dos holofotes da música. No entanto, em julho de 2021, ela retornou com força total com o single inédito “Canta”, composição de Samuel Messias, que mostra um sentimento de solitude da artista e destaca a superação ao encorajar as pessoas a não desistirem. “Essa música é muito especial para mim. Ela relata a minha história, sobre os ‘nãos’ que eu recebi quando não acreditaram no que Deus tinha para a minha vida”.

Desistir não é uma palavra que está no vocabulário de Sarah. “Nunca pensei em desistir e nem faltaram provações e lutas. Cheguei a me perguntar por que não desisto, não paro. No entanto, Deus respondeu: ‘Porque Eu habito em você. A força não vem de você, mas de Mim. Enquanto você entender isso nunca pensará em desistir, mas sempre em encarar e vencer’. Então, sempre guardo no meu coração: ‘A minha força vem dEle, nunca pensarei em desistir’”. Essa mensagem é tão enraizada em Sarah que nas redes sociais ela se define como “uma menina que já passou por muitas lutas e dificuldades, mas nunca desistiu de ser quem Deus prometeu que seria”.

- Continua após a publicidade -

Sarah diz ainda que a caminhada que tem percorrido em sua trajetória musical é marcada por superação. “Comecei na música não tendo muito, mas evolui, aprendi, escutando. Mais importante do que a minha voz é a unção que eu carrego. Sempre acredito que consigo fazer melhor para o Senhor”.

Sarah Beatriz: talento inovador na adoração
Sarah Beatriz e Samuel Messias

“O maior vilão sou eu”

Uma das experiências mais marcantes que vivenciou na carreira, de acordo com Sarah, foi a primeira vez que entrou no estúdio para gravar “O Maior Vilão Sou Eu”, que alcançou 56 milhões de visualizações. “Foi surreal. Eu gravava covers e entrar no estúdio para gravar foi incrível”.

E é justamente “O Maior Vilão Sou Eu” que a cantora destaca como o single que virou a “chave” da carreira. “Fico tão feliz por ter acreditado nessa música, mesmo quando todo mundo não acreditou. Eu sabia que aconteceria algo extraordinário, porque a mensagem é diferente de tudo que já ouvi, inovadora. As pessoas precisam ouvir a verdade que a canção transmite”.

Sarah conta que o processo de escolha do repertório a ser lançado é difícil, já que não seleciona os singles com base no que as pessoas desejam ouvir. “Quero as músicas que Deus me confiou para transmitir uma mensagem vinda do céu”, salienta a artista, que continua: “Glorifico a Deus, porque cantar, assim como compor, não é simplesmente apresentar uma música, mas entregar uma mensagem para transformação de vidas e, principalmente, fazer com que o nosso louvor rasgue os céus e chegue ao trono do Senhor”.

Poder do evangelho

Para o segundo semestre de 2022, Sarah Beatriz tem como foco lançar as músicas que já estão prontas e gravadas, cumprindo o que o Senhor a chamou para realizar. “O Brasil inteiro precisa ouvir essas canções. Creio que impactará muitas pessoas”, assegura a jovem, que começou a cantar aos cinco anos na igreja. “Não cantava tão bem, mas logo descobri que era um talento dado por Deus, um grande presente”.

Sobre o crescimento do mercado de música gospel no Brasil, Sarah Beatriz enxerga com bons olhos, já que é a oportunidade de propagar ainda mais o amor de Jesus. “É muito bom que a música gospel, a Palavra de Deus, tenha um alcance cada vez maior, para que vidas sejam transformadas pelo poder do Evangelho.”

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -