24 C
Vitória
sábado, 31 outubro 2020

Salles reage a promessa de Biden de enviar US$ 20 bi para combater desmatamento

Leia também

Anvisa informa que não recebeu pedido de registro formal para vacina russa

Quando a Anvisa revisa todos os documentos técnicos e regulatórios e verifica os dados de segurança e eficácia

STF começa a julgar pedido do PDT para afastar Guedes

"A amplitude do objeto da arguição de descumprimento de preceito fundamental não significa admitir seja qualquer ato", registrou Marco Aurélio

Indicador de incerteza na economia cai para 143,8 pontos em outubro, diz FGV

O componente de Mídia recuou 4,0 pontos, para 126,0 pontos, contribuindo negativamente em 3,5 pontos para a queda do indicador geral no mês

O ministro afirmou que o valor informado por Biden é 40 vezes maior que o Fundo Amazônia

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, reagiu na manhã desta quarta-feira, 30, a promessa do candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, de enviar US$ 20 bilhões ao Brasil para combater o desmatamento. Pelas redes sociais, o ministro questionou se o valor seria pago anualmente.

O debate eleitoral de terça-feira, 29, Biden afirmou que, se eleito, se juntaria a países aliados para oferecer US$ 20 bilhões ao Brasil para interromper o desmatamento de florestas tropicais. “Eu reuniria os países e diria: Aqui estão US$ 20 bilhões. Parem de desmatar a floresta. E se vocês não pararem, haverá consequências econômicas”, afirmou o democrata.

Pelo Twitter, Salles se manifestou duas vezes sobre o caso. Inicialmente, compartilhou a reprodução de tela de uma matéria do portal O Antagonista, questionando os valores apresentados pela reportagem. O ministro afirmou que o valor informado por Biden é 40 vezes maior que o Fundo Amazônia. Em uma segunda publicação, Salles questiona: “a ajuda dos USD 20 Bi do Biden, é por ano?”.

As questões ambiental e climáticas voltaram ao centro do debate político mundial. No caso do Brasil, as queimadas na Amazônia e no Pantanal foram tratadas pelo presidente Jair Bolsonaro em seu discurso na Assembleia-Geral das Nações Unidas, quando disse que os incêndios eram usados em campanha internacional contra o governo brasileiro, culpou “índios e caboclos” pelo fogo e defendeu que a umidade da floresta impedia que as chamas se espalhassem pela vegetação.

Nos EUA, o tema virou assunto entre os presidenciáveis especialmente pelos incêndios florestais na Costa Oeste do país, principalmente em Oregon, Washington e Califórnia, que resultaram na morte de civis.
Com informações da Agência Estado.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

‘Se há rusga, comandante tem que intervir’, diz Mourão

No domingo, 25, Salles pediu "desculpas pelo excesso", enquanto Ramos disse que "uma boa conversa apaziguá as diferenças"

Salles: questões ambientais ocorre onde não há prosperidade

"O governo federal dá suporte aos Estados, fiscaliza em caráter primário as áreas federais, mas não as propriedades privadas", disse o ministro

A senadores, Salles diz que governo federal fiscaliza só 6% do Pantanal

Durante a audiência virtual, ministro voltou a defender a tese de que, se houve mais gado no Pantanal, teria havido menos incêndio, porque os animais teriam comido mais mato

Ricardo Salles cria grupo para discutir fusão entre ICMBio e Ibama

A autarquia do MMA cuida de 334 unidades protegidas em todo o País. Já o Ibama é responsável pela fiscalização ambiental em todo o País

Ministério do Meio Ambiente desmontou o que foi criado em décadas, diz Maia

A Câmara vem tentando atuar com projetos conjuntos para os setores do meio ambiente, agronegócio e área financeira, a fim de ampliar esse debate e promover a melhoria da imagem do País

Meio ambiente: reflexão, ação e testemunho para a igreja

Cuidar do meio ambiente é uma demonstração de amor a Deus e sua criação. Esse deve ser o papel incansável da igreja de Cristo Por...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Culto vai celebrar os 48 anos do Hospital Evangélico

Por conta da pandemia, culto de ação de graças será em formato drive-in, em Vila Velha (ES). 

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Larissa e Isabela e Mariana Valadão cantam o amor

Baseada no amor cristão, música é o quarto lançamento de Larissa e Isabela pela Sony

Nova fase da Academia da Bíblia SBB

Com novos cursos, o projeto de capacitação bíblica da SBB deseja auxiliar o cristão no estudo aprofundado da Palavra de Deus. Saiba mais!

Quando Deus é a fonte do equilíbrio em campo e da força emocional

Sucesso na Liga dos Campeões da Europa, o goleiro Keylor Navas, 33 anos, dirige estudos bíblicos com um grupo de 10 pessoas em Paris.

Clovis Pinho, o que vem por aí?

Novo single de Clovis Pinho deve chegar ao mercado em novembro. Saiba mais!