26.5 C
Vitória
sexta-feira, 4 dezembro 2020

Salles: questões ambientais ocorre onde não há prosperidade

Leia também

Com fim do auxílio, desigualdade pode voltar aos anos 80

O auxílio diminuiu a diferença de renda entre os mais pobres e os mais ricos, o que pode ser verificado pela redução do índice de Gini

Transformador reserva é enviado a Macapá

O Ministério de Minas e Energia, revelou que a empresa tem sinalizado que o equipamento pode ser ligado ainda na segunda quinzena deste mês

‘Rachadinha’ é empecilho para candidatura de Arthur Lira

As investigações apontam que a "rachadinha" na Assembleia de Alagoas ocorreu, em parte, quando Lira ocupava um cargo no Legislativo estadual

“O governo federal dá suporte aos Estados, fiscaliza em caráter primário as áreas federais, mas não as propriedades privadas”, disse o ministro

Por Pedro Caramuru,Giovana Girardi e André Borges (AE)

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que “o maior índice de desrespeito a questões ambientais ocorre em locais onde não há prosperidade”. Na avaliação do ministro, em entrevista à Rádio CNN, é “muito bom” que o setor privado tenha se mobilizado para cobrar do Ministério do Meio Ambiente ações de combate ao desmatamento na região amazônica e no Pantanal.

“O pessoal destaca que o setor privado agora assinou uma carta e então se mobilizou etc. Eu acho isso muito bom porque finalmente o setor privado, de bancos a indústrias, de empresas de comércio a empresas de tecnologia, se voltam e colocam recursos privados para gerar emprego e renda. Isso é muito positivo”, disse.

De acordo com Salles, é necessário que haja investimentos privados no desenvolvimento econômico sustentável, com atividades que sejam fontes de emprego e renda para as pessoas e que respeitem o meio ambiente.

Tanto Salles quanto o vice-presidente da República e coordenador do Conselho Nacional da Amazônia Legal, Hamilton Mourão, foram cobrados em comunicados de entidades nacionais e internacionais por ações mais enérgicas contra o desmatamento.

Fiscalização

Para o ministro, enquanto a responsabilidade de fiscalizar as unidades de conservação, assentamentos e terras indígenas é de órgãos federais, são os Estados que devem fazer a fiscalização e o combate aos incêndios que atingem fazendas e outras propriedades privadas.

“O governo federal dá suporte aos Estados, fiscaliza em caráter primário as áreas federais, mas não as propriedades privadas. Essas, são os Estados que fiscalizam”, disse o ministro. Salles ressaltou, entretanto, que não é fácil fazer a identificação da causa ou origem dos incêndios.

Segundo Salles, as temperaturas atípicas, secura e ventos fortes na região do Pantanal colaboraram para o recorde de queimadas que atingiram a região. “Para se ter uma ideia, no Pantanal as temperaturas neste ano são as maiores nos últimos 70 anos”, afirmou o ministro.

No início do mês, o Pantanal apresentou a sétima alta mensal consecutiva e bateu o recorde do registro histórico para setembro, com 8.106 focos de calor, alta de 180% em relação ao mesmo mês do ano anterior, que teve 2.887 focos. Em nove meses, o bioma também bateu o recorde anual.

Retardantes

Salles disse também ser “totalmente infundada” a crítica ao uso de retardantes químicos para conter as incêndios florestais. O Ibama e o Ministério do Meio Ambiente suspenderam na última semana a compra de 20 mil litros de retardante de fogo, em regime de urgência e sem licitação, para lançar sobre áreas de queimadas do Pantanal, em Mato Grosso. Laudo técnico do próprio Ibama, de 2018, apontou que a aplicação desse produto exige cuidados, por possíveis riscos ao meio ambiente e à saúde humana

“O retardante de fogo tem uma composição muito semelhante a um fertilizante”, afirmou o ministro. Segundo Salles, o próprio Ibama avançou na análise de retardantes e disse não haver mais as mesmas restrições aos produtos que seriam utilizados tal qual parecer de 2018.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Para Salles, principal questão ambiental está nas cidades

"Precisamos ter modalidades de financiamento para emprestar recursos para que os municípios possam adotar soluções", afirmou o ministro

Julgamento de Salles por improbidade é suspenso

Nas palavras do magistrado, a conduta do atual ministro do Meio Ambiente foi "grave, propositada, planejada e consciente"

João Mordomo: O desafio de evangelizar e plantar igrejas

Co-fundador da Crossover Global, movimento missionário de plantação de igrejas no mundo, fala do desafio de pregar o evangelho entre os povos não alcançados.

Abby Johnson: “Ninguém está além da graça e do amor de Deus”

Em entrevista exclusiva à Comunhão, a empresária Abby Johnson revela os detalhes que a fizeram deixar uma clínica de aborto para se tornar uma ativista pró-vida nos EUA. Confira!

Mourão terá última reunião do ano do Conselho da Amazônia

O vice-presidente embarca em viagem à Amazônia com um grupo de embaixadores com o objetivo de melhorar a imagem do Brasil

‘Se há rusga, comandante tem que intervir’, diz Mourão

No domingo, 25, Salles pediu "desculpas pelo excesso", enquanto Ramos disse que "uma boa conversa apaziguá as diferenças"

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Novo álbum musical do Missionário R. R. Soares

O álbum "Em O nome de Jesus", com 12  músicas inéditas, foi lançado depois de cinco anos. Primeiro single do projeto está disponível em todas as plataformas e Youtube

Wilson Witzel é batizado em igreja evangélica

O batismo ocorreu um dia antes de Witzel protocolar sua defesa no tribunal misto, que julga o processo de impeachment dele. Saiba mais!

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!