23.8 C
Vitória
terça-feira, 23 abril 2024

Ronaldo é chamado de mentiroso por torcedores do Valladolid

O treinador uruguaio Paulo Pezzolano, ex-Cruzeiro, também não foi poupado e ouviu pedidos de demissão

O clima voltou a esquentar entre a torcida do Valladolid e Ronaldo Fenômeno, presidente e sócio majoritário do clube espanhol. Cerca de 300 torcedores se reuniram em frente ao Estádio José Zorrilla neste domingo para protestar contra a diretoria antes da partida contra o Elche. O brasileiro, que também é dono da SAF do Cruzeiro, foi chamado de “mentiroso” e cobrado pela postura tímida do clube no mercado da bola. As informações são do jornal Marca.

Rebaixado para a segunda divisão na temporada passada, o Valladolid teve arrecadação recorde de 38 milhões de euros (R$ 202 milhões) com a venda de jogadores na última janela de transferências, mas evitou abrir o bolso para contratar novos atletas, gastando apenas 4,5 milhões de euros (R$ 24 milhões). A atitude despertou a raiva dos torcedores, que cobram Ronaldo por resultados desde que o brasileiro assumiu o clube.

Durante e após a partida, a torcida entoou cânticos questionando o ex-jogador: “onde está o dinheiro?”. Após o jogo, uma faixa foi exibida do lado de fora do estádio com a frase “Cinco anos de mentiras, à beira do abismo. Basta já”.

O treinador uruguaio Paulo Pezzolano, ex-Cruzeiro, também não foi poupado e ouviu pedidos de demissão. Ele chegou a conversar com alguns torcedores depois do jogo para dar explicações sobre a má fase do Valladolid, 17º colocado na segunda divisão da Espanha entre os 22 participantes. O time de Ronaldo já perdeu três dos cinco jogos da temporada. Soma uma vitória e um empate

- Continua após a publicidade -

Uma outra faixa exibida criticava a mudança no escudo do Valladolid, anunciada em junho do ano passado. A reformulação não foi bem recebida pelos fãs do clube, que aproveitaram o protesto contra a diretoria para também exigir o retorno do distintivo antigo.

Em 2018, Ronaldo comprou 51% das ações do Valladolid por 30 milhões de euros (cerca de R$ 141 milhões), segundo a imprensa espanhola. O objetivo do brasileiro era fazer com que o clube da Espanha disputasse competições europeias a partir do quinto ano de sua gestão. O Valladolid foi rebaixado na temporada 2020/21, subiu no ano seguinte, mas voltou a cair em 2022/23. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -