back to top
23.9 C
Vitória
quinta-feira, 20 junho 2024

Rogério Ceni diz que abre mão de multa se quiserem demiti-lo do São Paulo

“Eu vou trabalhar com tudo até o dia 1º, pois meu compromisso é fazer o São Paulo ser campeão. Se não quiserem que eu siga, seguimos a vida.”

Rogério Ceni, técnico do São Paulo, fez um longo desabafo na entrevista coletiva após o empate por 1 a 1 com o Corinthians, pelo Brasileirão, neste domingo. O treinador, que empilhou títulos como jogador e se tornou ídolo no clube, rechaçou a ideia de que está no comando do tricolor paulista por dinheiro e afirma que abre mão da multa rescisória se a diretoria quiser demiti-lo. Ele revelou ainda que o elenco está com o pagamentos dos direitos de imagem atrasados.

“Eu tento fazer meu melhor pelo São Paulo todos os dias, porque minha vida foi aqui. Eu vivi tudo o que você pode imaginar aqui”, disse Ceni. “Você acha que eu trabalho aqui pelo meu salário? Acha que estou preocupado com direitos de imagem atrasados?”

Com 31 pontos, o São Paulo é o 13º colocado no Brasileirão, a cinco pontos da zona de rebaixamento. O fraco desempenho na competição nacional fez com que parte da torcida questionasse o trabalho do técnico. Ceni admitiu que o clube vive um momento difícil, mas relembrou que o título da Copa Sul-Americana, competição na qual o time é finalista, pode mudar a história do tricolor paulista.

“A responsabilidade de tudo aqui é minha. No jogo do dia 1º, no dia 2, se a gente não entregar o título e quiserem que eu saia, a minha multa rescisória está liberada. Mais do que o contrato que está assinado, está aqui a minha palavra, dou para você aqui Se quiserem me trocar, pode trocar quando quiser, sem problemas”, afirmou.

- Continua após a publicidade -

“Eu vou trabalhar com tudo até o dia 1º, pois meu compromisso é fazer o São Paulo ser campeão. Se não quiserem que eu siga, seguimos a vida. Eu moro aqui perto (do Morumbi) há 200 anos. Vou estar sempre na torcida para que o clube saia dessa situação difícil”, concluiu Ceni.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Ceará, às 19h, no Castelão, em confronto direto na briga para se afastar do Z-4 do Brasileirão. A final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente del Valle, do Equador, acontece em jogo único no dia 1º de novembro, em Córdoba, na Argentina.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -