27.7 C
Vitória
sábado, 13 abril 2024

Rogério Ceni detona a atuação do São Paulo

Ceni minimiza vaias após empate do São Paulo no Morumbi: 'Resquício de 2022' - Foto: Reprodução Twitter São Paulo FC / @SaoPauloFC
Ceni minimiza vaias após empate do São Paulo no Morumbi: 'Resquício de 2022' - Foto: Reprodução Twitter São Paulo FC / @SaoPauloFC

Depois de atuar no Paulistão com linha de quatro, Ceni surpreendeu ao mandar três defensores no Morumbi, mesmo necessitando ganhar

O técnico Rogério Ceni não gostou nada da atuação do São Paulo no empate sem gols diante do Ituano nesta terça-feira, no Morumbi. Bastante franco, o treinador disse que deu tudo errado no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil e ele não poupou críticas à apresentação de seus comandados.

“Com relação ao jogo, foi uma das piores partidas que fizemos. Tivemos outros resultados que frustramos a torcida, mas neste jogo fizemos um segundo tempo bastante desorganizado, fora do que a gente trabalha todos os dias. Não tivemos organização, criamos poucas oportunidades claras”, avaliou o técnico. “Vergonhoso para mim ver o time do segundo tempo, com erros de passes assustadores, o que não é nosso padrão.”

A equipe passou grande parte da partida apelando aos ‘chuveirinhos’. Foram mais de 50 cruzamentos sem sucesso à área do Ituano. “Ficamos na maioria do tempo dando cruzamentos e tentando bolas em rebotes. Foram poucas jogadas criadas, um jogo muito abaixo que foi o segundo tempo com Tigre na Argentina (superou os argentinos por 2 a 0 na Copa Sul-Americana). Não podemos dar desculpas, sabemos que seria um time com linha baixa e o São Paulo não conseguiu criar, não soube jogar entre as linhas, por isso o resultado não veio, culpa exclusivamente nossa.”

Depois de atuar no Paulistão com linha de quatro, Ceni surpreendeu ao mandar três defensores no Morumbi, mesmo necessitando ganhar. Ele acabou “perdendo” 45 minutos e jogou a culpa nos desfalques de Igor Vinícius e Welington.

- Continua após a publicidade -

“Já vinha treinando com três zagueiros, aproveitamos os 20 dias livres para fazer um esquema com Beraldo, por ele ser canhoto. No segundo tempo a gente desfez para tentar ter mais um homem na frente para jogar por dentro e tentar. Mesmo assim não conseguimos levar tanto perigo ao gol”, admitiu. “Quando o adversário se fecha, protege o meio, é natural jogar pelos lados Com Welington e Vinícius fora, a gente precisou improvisar. Rafinha em linha de quatro vai muito bem, em três não tem mais a chegada ao fundo, dificulta.”

O duelo está aberto, mas o São Paulo precisará aprender a superar a defesa do Ituano. Em duas partidas contra o time do interior, ambas terminaram no 0 a 0. “Nosso primeiro 0 a 0 no ano foi contra o Ituano, mas naquele jogo criamos bastante, nesse involuímos, foi bem pior do que aquela vez.” Na visão do treinador, o elenco do São Paulo é bom, mas as lesões graves estão atrapalhando.

Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -