26.4 C
Vitória
segunda-feira, 17 maio 2021

Pioneiro da Igreja Quadrangular, Rocco Digilio, deixa denominação

Pastor Rocco Digilio serviu a Igreja por mais de 50 anos. Em vídeo de despedida, o líder manifestou sua tristeza sobre a divisão da denominação: “ninguém aguenta tanta perseguição”

Depois de 50 anos dedicados ao ministério na Igreja Quadrangular no estado de São Paulo, onde servia no ministério pastoral, pastor Rocco Digilio resolveu deixar a denominação. Pioneiro na Igreja, o pastor gravou um vídeo anunciando seu desligamento emocionado.

Além de relembrar seu ministério na Igreja, onde se converteu e se tornou pastor, Rocco Digilio falou da perseguição que estava sofrendo na denominação.

“Ninguém aguenta a perseguição, ninguém aguenta ser caluniado, despojado, perseguido como eu e minha família fomos. A perseguição, ou outra coisa qualquer, não pode terminar o ministério de alguém. Estou vivo e esta vida tem que ser aproveitada a cada minuto, com as coisas de Deus, para levar as pessoas a serem resgatas do pecado e da morte”, declarou.

Problemas na liderança

Desde 2018, a Igreja Quadrangular, que é uma das mais antigas do país, enfrenta problemas de divisão na liderança. Desde então mais de dois mil pastores deixaram a denominação. Na época, o Comitê Mundial da Igreja pediu a renúncia do presidente Mario de Oliveira.

Mas o pastor continua à frente da denominação e, os pastores insatisfeitos com as decisões administrativas e eclesiásticas do líder deixaram o ministério.

Rocco Digilio era presidente estadual da Igreja Quadrangular em São Paulo. Construiu mais de 100 igrejas no estado e também o centro de convenções que a denominação possui.

Veja o vídeo com o depoimento do pastor

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se