Índia – Reeleição de Narendra, o que muda para os cristãos?

Foto: Times of India

Diante da vitória do partido nacionalista hindu nas eleições, comunidade internacional é convocada a intervir por minorias religiosas do país.

O BJP, partido do atual primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, teve uma vitória massiva nas eleições parlamentares do país, encerradas no último dia 19 de maio. Após a vitória ele se pronunciou em rede social.

“Juntos vamos construir uma Índia mais forte e mais inclusiva. A Índia vence de novo”, escreveu Modi. Mas com a continuação do partido nacionalista hindu no poder, a Portas Abertas convoca a comunidade internacional a pressionar o governo indiano para fazer mais para apoiar as minorias religiosas do país.

Apesar de a violência contra cristãos no país existir há décadas, teve uma escalada desde que o BJP assumiu o poder, em 2014. Segundo missionários locais, fora registrados 147 incidentes de violência contra cristãos em 2014. E 216 apenas no primeiro trimestre de 2019, incluindo dois assassinatos.

Um porta-voz da Portas Abertas Internacional disse. “Desde 2014, extremistas hindus criaram um ambiente de ódio e intolerância em relação às minorias religiosas da Índia, primariamente as comunidades cristã e muçulmana. Isso, por sua vez, levou a uma escalada na violência, ostracismo social, destruição de propriedades, discurso de ódio, perturbação e condenação de atividades religiosas pacíficas não hindus e falsas acusações de atividades de ‘conversão’. A comunidade internacional deve fazer mais para apoiar as minorias religiosas da Índia”.

Indianos comemoram, vitória de Narendra Modi. Foto: Reprodução
Cristãos indianos e o resultado das eleições

Apesar de muitos cristãos da Índia estarem desapontados pelo BJP continuar no poder, um líder de igreja disse aos parceiros da Portas Abertas: “Cristãos mais maduros estão falando sobre a vontade de Deus. Durante esses tempos, acreditamos no que Provérbios 16.33 diz: ‘A sorte é lançada no colo, mas a decisão vem do Senhor’. E também meditamos em Provérbios 21.1, que diz: ‘O coração do rei é como um rio controlado pelo Senhor; ele o dirige para onde quer’”.

“Eu não apóio nenhum partido e tenho paz acreditando no que diz Romanos 8.28: ‘Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito’”. O pastor de uma igreja local diz: “Cremos que Deus está no controle e que ele nos ajudará a passar por isso. A maioria dos indianos está feliz que Modi tenha sido reeleito, pois acreditam que ele trará mudanças. Alguns cristãos ficaram desanimados, sim, mas também já estavam preparados para isso acontecer. Também é verdade que nem o Congresso nem outros partidos trabalham para o bem-estar dos cristãos. Nós enfrentaríamos oposição de qualquer maneira. Então, nós nos preparamos para enfrentar o que Deus tem preparado para nós”, disse outro cristão.

Eles se uniram em oração e pede que todos os cristãos em qualquer lugar do mundo também ore pela nação. “Os cristãos indianos precisam do encorajamento e apoio da igreja global. Orem por nosso governo, para que governe com sabedoria. A Índia é um país rico em diversidade, como um jardim com muitas flores diferentes. Ore para que vivamos em harmonia. Intercedam também pelos cristãos, para que orem fielmente pelo seu governo e país e para que sejam aceitos pelas pessoas ao seu redor”, diz outro cristão.

Diante do aumento de casos de perseguição na Índia nos últimos anos, a Portas Abertas lançou uma campanha global para dobrar esforços no apoio a cristãos perseguidos no país.

Saiba mais da campanha global da Índia

*Com informações de Portas Abertas


Leia mais

Eleições na Índia  Resultado pode afetar cristãos

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!