26.2 C
Vitória
sexta-feira, 25 setembro 2020

Ressentimento tem cura?

Mais Artigos

Se estiver no poder, divirta-se: será por um tempo

Evidentemente não escolhemos um candidato a partir dos objetivos da massa opositora aos nossos anseios e critérios de escolha

O difícil não é fácil – difícil é fazer o fácil

Não existe evangelho sem arrependimento, sem negação de si mesmo e muito menos sem cruz

A igreja e a questão homossexual

A igreja evangélica, na sua maioria, tem sim, princípios bíblicos que norteiam suas decisões éticas

O ressentimento é provocado pelo que as pessoas pensam, dizem ou fazem conosco

Por Erasmo Vieira

Anos atrás, a revista Time publicou na capa a foto de um homem chamado Leonard Holt. Ele trabalhava num laboratório da Pensilvânia, nos EUA, por 19 anos.  Foi líder dos escoteiros, pai amoroso e frequentador assíduo de uma igreja. Esse homem, um dia, pegou duas pistolas e matou friamente vários de seus colegas. Motivo: seus colegas haviam sido promovidos ao longo dos anos e ele, não. Abaixo de sua foto, a revista estampou a manchete: “Responsável, Respeitável, Ressentido”.

É isto que o ressentimento faz. É o sentimento em marcha à ré. Sentimento de mágoa, melindre que, reprimido, se expressa de maneira desequilibrada.

O ressentimento é provocado pelo que as pessoas pensam, dizem ou fazem conosco. E o palco principal do ressentimento? O lar. São das pessoas mais próximas, que geramos expectativas de aceitação e disponibilidade.

O ressentimento é inútil. A coisa mais pesada que você pode carregar em seus ombros é o ressentimento. Não importa o quanto você nutre um ressentimento. O certo é que a coisa só vai piorar.

O ressentimento é uma doença. Em Provérbios 26:23 lemos: “Como uma tinta prateada pode cobrir um vaso de barro comum, assim palavras amigas podem disfarçar um coração cheio de más intenções”. Esse é o perfil da pessoa ressentida, magoada. O seu interior é corroído por pensamentos e ideias más. O que realmente prejudica é o que está corroendo o coração. Não é o que entra, não é o que sai, mas é o que fica que causa o problema. Provérbios 15:13 diz: “O coração bem disposto é remédio eficiente, mas o espírito oprimido resseca os ossos.” E Pv 17:22b diz que “…a tristeza na alma acaba com a saúde do homem”.

Como curar o ressentimento?

Sugerimos quatro passos:

Primeiro: admita que está ressentido. Amargurado. Diga isso claramente para você em vez de ficar se enganando. Confesse sua mágoa, não finja. Somos criados para não expressar sentimentos. Mas a expressão é o começo da cura. Procure um psicólogo, um amigo e fale de sua dor, sem rodeios.

Segundo: perdoe quem magoou você, libere-o, deixe-o ir. Temos a tendência de ser o que pensamos. O ressentimento faz você ficar parecido com seu ofensor. Às vezes a pessoa nem lembra mais que o ofendeu. Perdoe. Jesus deu-nos a conta: 70 vezes 7. A questão é que pensamos no perdão como ato. Não é. É um processo contínuo. Cada vez que a memória foca o problema que machuca, você exerce o perdão. Até perceber que aquilo não machuca mais. Esta é a coisa certa para se fazer de modo a ficar bem com você mesmo.

Terceiro: mude seu jeito de pensar. Nossa memória tende a se fixar nos traumas do passado. Na culpa. Na dor. Solte sua memória e a dirija para o lado agradável de sua vida. Boa memória é parte de sua felicidade. As ações são os melhores interpretes do pensamento.

Quarto: saia para a vida e enfrente. Depressão, isolamento e amargura são características do ressentido. Isso é adoecedor. O que pensaram, disseram ou fizeram com você, conta. Mas a vida é mais do que isso. Não é a ação dos outros que vai fazer você feliz. Pelo contrário, são seus pensamentos, suas palavras e suas ações. Sua escolha é o que determina seu destino, sucesso e felicidade. Escolha não ficar ressentido e viva mais saudável e feliz.

Erasmo Vieira é psicólogo e pastor

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Poste cai em cima de um carro e homem sai ileso: “livramento de Deus”

Jorgino da Silva, 59 anos, poderia ter ficado gravemente ferido no acidente, mas reconhece que Deus o livrou! Saiba mais!

Itália: dos cultos online aos batismos presenciais

Missionários brasileiros, da Junta de Missões Mundiais realizaram diversos batismos de italianos que foram evangelizados nesse período de pandemia.

Confrajovem 2020 será online; Saiba mais!

O Confrajovem é um evento anual da Lagoinha Matriz que atrai jovens do mundo inteiro para adorar e buscar a Deus em uma só voz. Neste ano o evento será on-line. Saiba mais!

Vietnã: Após quatro anos, pastor é libertado da prisão

O governo comunista do Vietnã é crítico ao cristianismo, que o associa a ex-invasores, como França e Estados Unidos. Saiba mais!

Entrevistas

Fernando Miguel e sua relação entre a fé e o esporte

Líder nato e convicto do seu propósito, o atleta tem buscado cada vez mais superar desafios e perseverar nas dificuldades

O Líbano já estava em crise, então veio a explosão

O presidente do Conselho Supremo da Comunidade Evangélica na Síria e no Líbano, Joseph Kassab diz: "Somos um país falido".

Rodrigo Silva e arqueologia: as evidências que comprovam a fé e a Bíblia

Para o pastor e arqueólogo Rodrigo Silva, a arqueologia é a ciência chave para comprovar a fé e a Bíblia. Confira a entrevista!

Especulações: O que se sabe sobre as explosões no Líbano?

"Há no Líbano e fora dele quem especule a participação secreta de Israel na explosão", declarou Natalia Calfat, Doutoranda em Ciência Política