Ajude cristãos no Iraque a reconstruir suas casas

Família de Noeh na casa que foi reconstruída. Foto: Portas Abertas

Uma comunidade cristã antiga, dos primeiros séculos do cristianismo foi a mais atingida pela invasão do Estado Islâmico. “Lutamos para que nossa existência não seja varrida do Iraque”, diz o líder cristão que coordena reconstrução de casas no país

Desde que o Estado Islâmico invadiu o Iraque, em 2014, muitos cristãos tiveram que fugir, deixando tudo para trás. A Missão Portas Abertas, através dos parceiros, sempre esteve presente, mostrando seu apoio. Muitos deles já voltaram para suas cidades, no entanto, ainda há muito a fazer.

A instituição convoca cristãos no mundo todo a doar para o projeto de reconstrução de casa no Iraque. “É a primeira coisa necessária para possibilitar a volta de cristãos para suas cidades, muitas delas totalmente destruídas pela ocupação do Estado Islâmico. O objetivo é fazer com que cristãos retornem para suas cidades, tendo, também, igrejas onde congregar. Com isso, a presença cristã pode ser mantida, levando luz onde há trevas”, diz a mensagem no site da instituição.

No Iraque, há uma comunidade cristã antiga, que vem dos primeiros séculos do cristianismo, que foi a mais atingida pela invasão do Estado Islâmico. Muitos perderam seus entes queridos, casas, empregos, negócios e bens. Agora, esses cristãos têm que recomeçar do zero.

“Lutamos a cada dia por nossa sobrevivência como cristãos, pois ela está ameaçada. Lutamos para que nossa existência não seja varrida de todo o país”, disse George, líder cristão que coordena o programa de reconstrução em Qaraqosh, no Iraque.

Foto: Reprodução
Vida nova

Noeh e sua família furgiram de Karamles, no Iraque, após o Estado Islâmico invadir seu vilarejo. Eles tiveram sua casa queimada e perderam todos os seus pertences. Assim como eles milhares de famílias estão retornando para casas destruídas.

“Fiquei muito feliz quando dormi na minha própria casa, a casa onde nasci. Mas ainda há muitas casas para serem restauradas, para que todos possam voltar”, disse Noeh, adolescente que teve a casa restaurada e voltou para seu vilarejo, Karamles.

Com a ajuda de cristãos no mundo todo tem sido possível ajudar os cristãos do país e devolver a alegria para eles. “Ficamos muito felizes que a casa foi reconstruída. Não esperávamos que pudesse ser recuperada. As crianças estão felizes. Se elas estão felizes, eu também estou. Esta é a casa onde elas nasceram”, declarou Almas, mãe de Noeh e outros cinco filhos.

Acesse aqui para saber mais sobre o projeto “Semeando para o futuro”, da Missão portas abertas e como fazer sua doação. A contribuição pode ser uma semente de esperança que vai ajudar a restaurar a economia do Iraque.

Veja


Leia mais

Iraque – cristãos começam a voltar para casa

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!