26.1 C
Vitória
sábado, 5 dezembro 2020

Recomeçar: uma necessidade – uma arte – uma decisão

Mais Artigos

Para que serve o dia mal?

Dias em que temos vontade de ficar quietos ou de falarmos apenas o necessário e buscarmos um descanso para a nossas almas

Psicofobia. É uma doença ou um crime?

Quanto à psicose, não há recalque, nem censura alguma. O consciente é “atropelado” pelo inconsciente que fica “desnudo”

Dia mundial de Ação de graças

Quero inspirar você neste texto a aceitar a verdade defendida pelo dia de Ação de graças, mesmo que não valorize o feriado.

Embora o tempo seja linear os recomeços são inevitáveis

Por Lulinha Tavares

O Tempo

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar
e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui para diante tudo vai ser diferente.

(Roberto Pompeu de Toledo)

Viver é extraordinário! A vida pode ser descrita por vários outros nomes que a representem. Um outro nome que eu daria para a vida seria: RECOMEÇAR!

A vida é medida quantitativamente pelo tempo, que, como escreveu o autor do texto acima: “Quem teve a ideia de dividi-lo em fatias é realmente Alguém genial” – eu diria Fenomenal, Sensacional, Transcendental, Invisível, mas Real: Deus.

Invariável e incansavelmente um novo dia recomeça ao se concluir um giro da Terra sobre o seu próprio eixo, o que se dá o nome de rotação. Assim como um novo ano se inicia ao término do giro Terra em torno do Sol, o que conhecemos como translação.

Embora o tempo seja linear os recomeços são inevitáveis. O ponteiro que marca os segundos de um relógio gira recomeçando do zero a cada minuto. Recomeçar, em primeira análise é inevitável.

Recomeçar torna-se necessário quando nos encontramos com o imponderável. Quando os pais mudam de endereço as crianças necessariamente recomeçam um novo ciclo de convivência e amizade tanto na escola quanto no novo ciclo social que os pais se inserem.

A perda de um emprego ou de um ente querido, a conquista de um novo emprego, uma nova realidade social causada pela COVID 19 são alguns dos exemplos do quanto necessitaremos recomeçar, quer queiramos ou não.

Lembre-se que a necessidade é uma valiosa fonte de reservas de forças que possuímos. Como diz o ditado: “A necessidade faz o sapo pular”.

Não escrevemos com os pés, por exemplo, mas sabemos que pessoas que perderam os membros superiores em algum acidente ou nasceram sem eles, escrevem com muita facilidade. Também podemos usar o exemplo das pessoas com deficiência visual que desenvolvem novas habilidades que não desenvolveriam em condições normais.

Isso indica que temos muitas possibilidades descobrirmos novos talentos e habilidade em virtude da necessidade. Portanto, se é esse o seu caso, recomece já!

Recomeçar também é uma arte e requer sabedoria – humildade, desejo de mudança – senso de direção – capacidade aprender com as experiências passadas, sejam elas boas ou não – e também muita fé.

Aprendi a arte de recomeçar ao longo da minha trajetória profissional.

Não foram poucas as vezes em que errei, em que fiz maus negócios, em que tive grandes perdas pela inexperiência, pela empolgação, pela imprudência ou por ter feito a coisa certa na hora errada ou vice-versa.

Montamos uma empresa de reciclagem no ano 2009 após ter deixado termos deixado de trabalhar com distribuição de bebidas quentes em 2008 e deu tudo errado. Compramos equipamento errado, fizemos a parceria errada e não panejamos bem os passos. Tivemos boa intenção, sendo que, boa intenção não é suficiente para recomeçar.  Com isso adquirimos algumas valiosas experiências para os novos recomeços que vieram depois.

Recomeçar requer, minimamente, um bom plano de ação.

Por fim, recomeçar é muitas das vezes uma questão de decisão.

Existem momentos em nossas vidas em que conta não fecha. Momentos em que precisamos escolher entre o “conforto” de ficar como está e aonde está e o risco e o desconforto que a decisão de recomeçar traz consigo.

O povo de Israel estava vivendo escravizado no Egito por mais de 400 anos, porém tinham comida e conforto. O que ficou evidenciado nas murmurações que manifestaram durante a travessia. A decisão da saída e do recomeço passando pelo deserto partiu de Deus e não deles.

Não se trata de recomeçar tudo em todo tempo e de qualquer modo.

Mas existem momentos em nossas vidas em que a decisão do recomeço está apenas e tão somente em nossas mãos. Isso requer coragem, ousadia, discernimento, sabedoria e fé e senso de direção.

Ao decidir recomeçar jamais espere facilidade – pois – esperar facilidade apenas aumenta a dificuldade.

Lhe desejo um recomeço contando com a aprovação, a provisão e as bênçãos do Senhor.

Siga bem, em paz e feliz.

Lulinha Tavares é coach esportivo, formado em Educação Física, MBA-FGV/FIFA/CIES, especialista em Psicologia do Esporte, empresário, pastor e líder da Igreja Batista da Graça em Queimados (RJ)

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Japão: suicídio mata mais que covid-19

Efeitos da pandemia na saúde mental no Japão. Segundo a Agência Nacional de Polícia, o suicídio matou mais pessoas em outubro do que 10 meses de covid-19 no país. Saiba mais!

França abre investigação contra 76 mesquitas

Governo francês investiga mesquitas que fomentam o extremismo religioso. Saiba mais

Comitê Interministerial de Doenças Raras no Brasil

O presidente do comitê poderá ainda convidar especialistas, membros da comunidade acadêmica e representantes de outros órgãos e entidades

Mirna Borges: Finanças, planejamento e controle

Uma das principais influenciadoras de finanças no Brasil, Mirna Borges, dá dicas de como sair do vermelho, acertar as contas e ter uma vida mais próspera com o dinheiro, através de princípios bíblicos. Confira!

Entrevistas

Mirna Borges: Finanças, planejamento e controle

Uma das principais influenciadoras de finanças no Brasil, Mirna Borges, dá dicas de como sair do vermelho, acertar as contas e ter uma vida mais próspera com o dinheiro, através de princípios bíblicos. Confira!

João Mordomo: O desafio de evangelizar e plantar igrejas

Co-fundador da Crossover Global, movimento missionário de plantação de igrejas no mundo, fala do desafio de pregar o evangelho entre os povos não alcançados.

Abby Johnson: “Ninguém está além da graça e do amor de Deus”

Em entrevista exclusiva à Comunhão, a empresária Abby Johnson revela os detalhes que a fizeram deixar uma clínica de aborto para se tornar uma ativista pró-vida nos EUA. Confira!

Paulo Oliveira: Toda crise é boa para quem é pequeno

Como será de agora em diante para a economia, a política e a educação? E onde a Igreja entra nisso? Confira a entrevista com Paulo Oliveira, presidente do Instituto Renovo