Recomeçar pode ser difícil, mas não precisa ser impossível

Recomeçar, por Gab Rocha

Seis pontos importantes na jornada que podem te ajudar a vencer esse desafio

Algumas pessoas ficam assustadas com essa palavra. As vezes somos surpreendidos por algum golpe da vida e não temos outra escolha a não ser recomeçar.

No meu caso, viver um dia de cada vez se tornou um estilo de vida, que é como se fosse um recomeçar diário. Pensando mais sobre esse tema cheguei a vários pontos importantes que não podem passar despercebidos.

Recomeçar é possível

Recomeçar é preciso, desafiador e assustador dependendo da gravidade de cada situação.
Algumas pessoas já estão acostumadas com isso e sentem mais facilidades. Porém, há aquelas que ficam aprisionadas e não ultrapassam a barreira dos recomeços. Se você se vê passando por um recomeço, quero que preste atenção em 6 pontos que considero importantes.

1 – A realidade espiritual. Isso se baseia na fé que você tem em Deus, na sua perspectiva de vida sob o olhar de Deus e Sua palavra. Essa convicção precisa ser mais forte do que qualquer coisa.

2 – A realidade natural. Como você se encontra hoje, com quem você convive, suas oportunidades, suas fraquezas, seus sonhos, sua condição financeira, emocional. Enfim, tudo que você puder tirar de lições dessa realidade é importante para recomeçar de maneira certa.

3 – A obra de Deus no coração. Uma das coisas que Deus quer fazer em cada etapa de vida é trabalhar em nosso coração. Diferente de algumas provas que fazemos, Deus não está interessado em que apenas passemos de fase. Ele quer moldar o nosso coração, de verdade. Aqui não adianta passar de qualquer jeito. O Mestre tudo vê e sabe exatamente se estamos aprendendo ou não. Caso contrário, iremos repetir a fase, ou seremos reprovados, ou viveremos esse ciclo interminável como o povo hebreu que ficou 40 anos do deserto.

4- Simplicidade para se adequar às realidades. Aqui muitos tropeçam por falta de humildade.

Perdas

Às vezes perdemos tudo, mas não perdemos o orgulho. Perdemos casa, emprego, filhos, mas não perdemos nossa arrogância e prepotência. Tem pessoas que reconhecem a perda de coisas, de relacionamentos, reconhece o fracasso moral e espiritual, mas não abandonam a razão, o modo de pensar e, pior, se tornam mais duros ainda. Como recomeçar desse jeito? Será que Deus não vai tratar com mais dureza alguém que não se rende, que não se humilha?

Você pode ter tido muito sucesso na vida e agora se ver com necessidade de pagar as contas básicas – Sua confiança e dependência em Deus é que capacita a passar por tudo isso com graça. Não se revolte com o Senhor. “A minha graça te basta”.

5 – Discernimento. Às vezes recomeçar quer dizer “começar” uma nova etapa. Por quê? Pelo fato de ter concluído com êxito a fase anterior! Mas podemos olhar para atrás e achar que falhamos e é exatamente aqui que muitos erram. Pois Deus não vê como nós vemos. Por isso não podemos tirar os olhos do Senhor.

Às vezes a gente pensa que está mandando bem e Deus está nos reprovando e o contrário também é verdade. Podemos nos ver tão cansados e sem forças, e como Jó dizer: antes eu te conhecia de ouvir, hoje meus olhos te veem!

Atitude

Por fim, nem só de intenção vive um homem de Deus.

6 – Atitude e posicionamento. A fé sem obras é morta. A partir do momento em que nosso coração está sendo limpo e tratado por Deus, logo nossas atitudes serão reflexos dessa grande obra poderosa. É o alinhamento que o Espírito Santo faz em nós. Onde nossa mente, coração e atitudes comportamentais andam em concordância com a vontade de Deus. Deus está com seus olhos bem abertos para as intenções do nosso coração e nossas ações.

Por isso quando for recomeçar, preste bem atenção em como está sua vida com Deus, onde de fato Ele quer te levar e não tire os olhos Dele, e recomece quantas vezes for preciso!

Vamos em frente!


Gab Rocha – músico, compositor e escritor (autor do Livro “Vamos em Frente”)

Leia Mais
Gab Rocha: superação e um novo começo