Quarto de Guerra é sucesso e está em mais salas de cinema

Na primeira semana de sua estreia, o filme “Quarto de Guerra”, da CanZion Filmes, conseguiu ficar em segundo lugar na lista dos Top 10 no Brasil, segundo informações da Rentrak, ficando atrás apenas de “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 2”.
A película estreou no Brasil no dia 03 de dezembro, em 46 salas de cinema, e tem recebido uma resposta bastante positiva do público brasileiro. Os bons resultados motivaram a distribuidora do filme a ampliar as salas de exibição em todo o país, inclusive no Espírito Santo que agora, além do Cinépolis, no Shopping Moxuara, também será possível assistir nas salas do Cinemark, no Shopping Vitória, a partir de quinta-feira (17).
“Quarto de Guerra” narra a história do casal Tony Jordan (T. C. Stallings) e Elizabeth Jordan (Priscilla Shirer), que possuem uma família aparentemente feliz e com sucesso profissional, mas que passam por problemas que ameaçam seu casamento. Então, Elizabeth conhece Miss Clara (Karen Abercrombie), uma senhora que apresenta um quarto de oração, chamado o “quarto de guerra”. Assim, Elizabeth, pelo poder da oração, lutará para salvar sua união.

O longa é dos irmãos Kendrick, os mesmos criadores de “Desafiando Gigantes”, “À Prova de Fogo” e “Corajosos”, cujas produções somam um público com mais de 12 milhões de pessoas alcançadas no cinema norte-americano. Além disso, segundo o ranking do site Box Office Mojo, “Quarto de Guerra” superou sucessos consagrados no país, como “Deus Não Está Morto” e “Você Acredita?”, sendo um dos filmes mais assistidos do gênero nos EUA.
O crescimento do cinema cristão tem surpreendido Hollywood e mudado a forma de olhar os filmes sobre a temática fé. Segundo Alex Kendrick, no início do seu ministério, um estudo apontava que filmes e programas de TV influenciavam muito mais as pessoas do que a igreja. Então, o desejo de fazer filmes com valores cristãos cresceu pelo impacto que esses projetos podem ter na vida dos espectadores. “Pense nisso… Todos nós precisamos ser lembrados daquilo que acreditamos e defendemos”, disse Stephen Kendrick, produtor e coautor.

Confira o trailer do filme