21.9 C
Vitória
quarta-feira, 18 maio 2022

Prudência: uma virtude essencial para vida cristã

Foto: Pixabay / Reprodução

A pessoa prudente não busca sempre ter a razão, mas prevê com inteligência 

Por Victor Rodrigues 

A prudência nos vincula objetivamente à realidade, exigindo um conhecimento da verdade que permite fazer o bem. Dessa forma, a prudência é uma virtude essencial
para a vida cristã.

Ela nos afasta do triunfalismo, bem como do pessimismo, ajudando-nos a aproximar-nos da realidade em busca de diversos fatores ou elementos para agir retamente, tendo como
perspectiva a esperança que nos dá a fé na vitória de Deus e em suas promessas.

O homem prudente é aquele que faz da verdade seu principal critério de ação. A prudência exige uma inteligência disciplinada e vigilante, que não se deixa levar por preconceitos; que não julga segundo seus desejos e paixões, mas que sempre busca a verdade.

Desenvolvendo prudência

Para crescer em prudência, é vital fazê-lo também em humildade. O defeito contrário é a imprudência, que inclui a precipitação, a impulsividade, a inconsideração, a inconstância, em suma, a falta de senhorio sobre as paixões.

Entre os elementos necessários para a ação prudente encontra-se a docilidade, que é o reconhecimento da nossa ignorância. Da mesma forma, a precaução também nos ajuda a escolher aquilo que é melhor.

Por outro lado, prudência é ver e perceber aquilo que realmente é importante; é perceber as coisas a partir da luz de Deus e dar a resposta certa no momento certo. Prudência não é medo; é discernimento. Ela não só nos manda ficar, mas também nos manda ir.

Escolher entre o bem e o bem devido é questão de prudência. Para ser feliz é preciso saber romper com o apego das coisas que são incompatíveis com nossa vida. Essa é a vontade de Deus!

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se