Caminhoneiros mantém protestos mesmo com acordo

A greve dos caminhoneiros entrou para o quinto dia e traz transtornos para a população brasileira. Foto: Reprodução Web

Daqui 15 dias, será realizada uma nova reunião entre os representantes do governo e do movimento dos caminheiros. 

Mesmo após o acordo anunciado nesta quinta-feira (24) pelo governo federal, as manifestações dos caminhoneiros continuam nesta sexta (25). Uma das representantes da categoria não assinou o compromisso firmado nesta quinta. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, há paralisação das rodovias em pelo menos 15 estados e no Distrito Federal.
Acordo

Na noite desta quinta-feira (24) governo e associações que representam caminhoneiros fizeram um acordo após sete horas de reunião. E a greve teria sido suspensa por 15 dias.

Nove das 11 entidades presentes aceitaram a proposta do Executivo. A União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam) e a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) não assinaram o documento.

Pelo acordo, durante os primeiros 15 dias, a Petrobras mantém o compromisso de custear o desconto, estimado em R$ 350 milhões. Os próximos 15 dias serão patrocinados pela União. O governo prometeu uma previsibilidade mensal nos preços do diesel até o final do ano sem mexer na política de preços da Petrobras. E vai subsidiar a diferença do preço em relação aos valores estipulados pela estatal a cada mês.

“Nos momentos em que o preço do diesel na refinaria cair e ficar abaixo do fixado, a Petrobras passa a ter um crédito que vai reduzindo o custo do Tesouro”, disse o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Marun garantiu que o reajuste no preço do diesel a cada 30 dias está garantido até o fim do ano. “A greve estava causando transtornos à vida do cidadão brasileiro”, comentou.

Ao fim do prazo de 15 dias, será realizada uma nova reunião entre os representantes do governo e do movimento dos caminheiros.

*Com informações da Agência Brasil


Leia mais

Caminhoneiros entram no quarto dia de manifestações

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!