26 C
Vitória
quinta-feira, 7 julho 2022

Produtora de “The Chosen” faz campanha para ampliar alcance no Brasil

Foto: Reprodução

A segunda temporada teve um financiamento de US$ 10 milhões doados por 125.346 pessoas. Este ano, será lançada a terceira temporada

Por Patricia Scott 

Para que mais pessoas tenham acesso aos episódios de “The Chosen”, a Angel Studios, produtora da série, em parceria com a 360 WayUp, investe em uma campanha no Brasil com divulgação maciça. A primeira iniciativa da ação foi traduzir o aplicativo “The Chosen” para o português.

A série cristã de sucesso mundial pode ser assistida por meio do aplicativo disponível, gratuitamente, para aparelhos Android e iOS. Ele surge na lista dos 50 melhores aplicativos de entretenimento. Vale destacar que pelo aplicativo é possível maratonar as duas temporadas, com nove episódios cada.

O aplicativo conta ainda com extras sobre a série, como também o curta-metragem que inspirou “The Chosen”. Há os erros de gravação, além de conversas entre os criadores do projeto. O usuário pode transmitir os episódios para a TV por meio dos aparelhos: Roku, Samsung TV, Fire TV, Chromecast, Android TV e Apple TV.

Para instalar o aplicativo no smartphone, basta seguir os passos abaixo:
1. Acesse a loja virtual do seu aparelho (Google Play para Android ou Apple Store para iOS) ou pelo site http://osescolhidos.tv/;
2. Procurar pelo aplicativo “The Chosen” e iniciar a instalação;
3. Uma vez instalado, clique no ícone para abrir;
4. Será preciso criar uma conta para acessar o aplicativo e ela pode ser feita por e-mail ou logando com seu perfil do Facebook ou do Google;
5. Uma vez feito isso, é só aproveitar e maratonar a série.

Segundo os produtores da série, o episódio piloto, que foi ao ar em 2017, foi visto mais de 15 milhões de vezes em dez idiomas ao redor do mundo. Já a segunda temporada teve um financiamento de 10 milhões de dólares doados por 125.346 pessoas.

O diretor americano Dallas Jenkins, que criou o projeto em parceria com Tyler Thompson e Ryan Swanson, afirma que a ideia da série é mostrar “a humanidade e as histórias por trás de todos esses personagens” da Bíblia. “Exploramos as histórias de Simão Pedro, Mateus, Maria Madalena, Nicodemos e alguns dos recebedores dos milagres de Jesus e, por sua vez, O sentimos da maneira como eles o fizeram. Não podíamos deixar de nos identificar com a imprudência deles, passados difíceis, piedade religiosa e desespero por uma mudança de vida. E, finalmente, a redenção deles”, afirma Jenkins. A terceira temporada está prevista para lançamento antes do Natal de 2022.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se