23.5 C
Vitória
quarta-feira, 5 agosto, 2020

Pescoço de texto: Problema é causado pelo uso de celular

Leia também

Documentos mostram provável origem do material que destruiu a capital do Líbano

A carga perigosa do navio foi descarregada e colocada no Hangar 12 do porto de Beirute, uma grande estrutura cinza de frente para a principal rodovia norte-sul do país

PIB contraiu 11,2% no 2º trimestre de 2020

Em relação ao segundo trimestre de 2019, a queda na atividade econômica apontada pelo IAE foi de 11,7%

Esperamos que agosto seja o pico da covid-19 nas Américas, diz Jarbas Barbosa

Durante a coletiva, o diretor-assistente da Opas comentou o fato de que o padrão de transmissão da doença na América Latina tem se mostrado distinto da Europa

Quantas horas você passa navegando na internet pelo celular?

Mesmo em atividades rotineiras, há pessoas que passam mais de oito horas por dia de olho no aparelho celular. Se você é uma delas, atenção! Especialistas apontam que a prática pode gerar um problema chamado text neck ou “pescoço de texto”, em tradução livre.

Na hora de olhar para a tela ou digitar, a pessoa abaixa a cabeça para manusear o aparelho e isso tenciona músculos dos ombros e braços, diminuindo o oxigênio. O resultado é dor constante na coluna cervical, cabeça e músculos.



Pesquisa realizada pelo periódico “Surgical Technology International”, final de 2015, revelou que à medida que a cabeça se inclina para baixo, o pescoço sustenta cada vez mais  peso. “A cabeça de um adulto pesa em média entre quatro e cinco quilos. Mas, quando abaixamos a cabeça num ângulo de 15°, por exemplo, o pescoço passa a suportar 12 quilos e isso aumenta quando a inclinação é de 30°, porque o peso se transforma em 18 quilos”, comenta o especialista em dor crônica, o anestesiologista André Félix.

Uso de celular pode causar problema de saúde
Na hora de olhar para a tela ou digitar, a pessoa pode tencionar músculos dos ombros e braços

Celular o dia todo

A cineasta Tathiane Mendes afirma passar o dia todo mexendo no celular, em intervalos de tempo variados. Ela nunca parou para pensar que suas dores de cabeça e nas costas, no fim do dia, podiam ser provenientes desse uso. “Apesar de saber o que mal uso pode gerar, é preferível acertar a postura, porque ficar sem celular é impossível”, diz.

Assim como para Tathiane, ficar sem celular não é opção para a maiorias das pessoas. Neste caso, o especialista indica:  “fique com a tela do celular na altura dos olhos, porque assim não é necessário abaixar a cabeça para visualizar”. Além disso, é preciso apoiar os braços e antebraços para não ficarem sobrecarregados durante o uso do aparelho. “Pausas a cada 15 minutos também são importantes”, comenta Félix.


Saiba Mais

Acesso à internet por dispositivos móveis cresce no Brasil
Pais conectados e filhos carentes
Biochip: tecnologia ou símbolo do apocalipse?

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Plugue-se

Mari Borges passa a integrar o time de artistas da Musile

Cantora mineira, que tem 11 anos de carreira, vem crescendo nas plataformas. Seu canal no Youtube ultrapassa os 600 mil inscritos

Amanda de Sá feat Sanderson Moraes “Nossa bandeira”

Nossa bandeira é o terceiro lançamento da artista pela Sony music desde que venceu o festival de Música Eagle, edição ES, em setembro do ano passado

Faces da perseguição: o preço de viver pela fé

Viver pela fé em meio a perseguição. Na séria faces da perseguição, mostra a história do pastor Jean Marc, que enviou a família para um esconderijo no Congo, mas ficou na República centro-africana por causa da igreja. Saiba mais!

Max Weber: Economia e religião estão interligadas?

No livro "A ética protestante e o espírito do capitalismo", o sociólogo alemão, Max Weber, se debruça em um estudo minucioso sobre as religiões e o sistema econômico do século XX