Primeiro-ministro da Hungria ora com Nick Vujicic

Foto: Instagram

Em um encontro com o evangelista Nick Vujicic, primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban diz que o país precisa de um governo dedicado aos valores cristãos

Em recente visita à Budapeste, na Hungria, o evangelista Nick Vujicic teve um encontro com o primeiro-ministro do país, Viktor Orban. Em uma foto postada nas redes sociais, Orban aparece de joelhos orando com o Nick.

“Obrigado, Sr. Primeiro Ministro, por se encontrar comigo hoje e orar juntos pela Hungria! Obrigado por sua recepção e estou impressionado com sua coragem e fé em Deus. Estou empolgado em ver o que Deus tem planejado para a Hungria! Deus te abençoe e Deus abençoe a Hungria!”, disse Vujicic no seu instagram.

Orban também postou um vídeo em sua página no Facebook do encontro. (vídeo abaixo).

Nação cristã

Em entrevista à CBN News no ano passado, o ministro das Relações Exteriores da Hungria Péter Szijjártó disse que o povo queria manter sua herança como nação cristã. “Queremos manter a Hungria como um país cristão, de acordo com as raízes e a herança”, afirmou.

Szijjártó também falou sobre como a definição tradicional de família e casamento é importante para os húngaros.

“Somos uma nação muito orientada para a família. Você sabe, mesmo na Constituição, falamos muito claramente que o casamento é uma instituição entre um homem e uma mulher. Recebemos ataques enormes sobre isso, dizendo que somos retrógrados, que não entendemos os desenvolvimentos modernos, mas nós cumprimos a definição tradicional de família e a definição tradicional de casamento“, disse.

Orban disse que a Hungria precisa de um governo dedicado aos valores cristãos. E referiu o país como a “última esperança da Europa”.  Nos últimos anos, alertou  contra a imigração islâmica na Europa, chamando-a de ameaça à cultura cristã européia. “Nunca permitiremos que a Hungria se torne um país alvo de imigrantes”, disse ele à TV húngara, segundo a BBC News.

Nick Vujicic

Nick Vujicic nasceu sem braços e pernas na Austrália em 1982. Por causa de sua condição, muitas pessoas desistiram dele. Mas está constantemente viajando pelo mundo e dando palestras falando sobre sua fé cristã.

Ele se abriu sobre sua depressão e sua tentativa de suicídio aos 10 anos por causa de bullying na escola. Desde sua primeira palestra aos 19 anos, Vujicic, pai de quatro filhos, viaja pelo mundo, compartilhando sua história com milhões, enchendo estádios e motivando pessoas.

Segundo analistas, sua vida e carreira podem ser exemplos para muitos, e seus pensamentos encorajadores dão força a milhões todos os dias.

*Com informações de CBN News e Hungary Today


leia mais

Primeiro-ministro evangélico recebe o nobel da Paz