28.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro 2021

Preto no Branco em nova temporada e formação

Com a saída do cantor Clóvis Pinho, que segue carreira solo pela Universal Music, grupo anuncia a chegada de três novos vocalistas, Luã Freitas, Silas e Fadi

O grupo Preto no Branco anuncia mudança de sua formação. O vocalista Clóvis Pinho, que também já foi integrante da banda Renascer Praise, agora inicia a sua carreira solo, seguindo no cast da Universal Music. Enquanto a banda agora ganha três novos vocalistas, Luã Freitas, Silas e Fadi, que agora se juntam ao baterista Jean Michel.

“Sempre abracei projetos que reuniam pessoas, o que me remete à minha raiz. Toda essa identidade conversam como a minha forma de interagir artisticamente. Agora eu começo a me permitir com o meu projeto solo, junto da Universal Music. Sinto que agora sou um artista mais maduro e mais consciente e tudo o que eu vivi até aqui contribuíram muito para meu amadurecimento musical e artístico. E meu momento como cristão e aprendiz do Evangelho”, disse Clóvis Pinho.

A banda

Preto no Branco é um projeto que reúne grandes artistas brasileiros, em uma proposta musical ousada e certeira, que combina muito mais que o tom negro da pele de cada um deles. A banda tem como marca a versatilidade e dinamismo, tornando única cada música e apresentação.

Com quase cinco anos de carreira (a se completar em dezembro de 2020) e três trabalhos gravados, o Preto no Branco ultrapassou a marca de 970 milhões de visualizações no canal oficial do YouTub. Um deles é o clipe “Ninguém Explica Deus”, que tem mais de 474 milhões de views. Foi o primeiro clipe gospel da plataforma VEVO a alcançar tal marca.

História

Inicialmente o grupo era formado por Clovis Pinho, Weslei Santos e Juninho Black. Com essa formação, a banda lançou o seu primeiro projeto: Preto no Branco – Ao Vivo, em 2015. E contou com as participações especiais dos artistas Eli Soares, Salomão do Reggae, Lukão Carvalho, Gabriela Rocha, Pedro Vuks, Ian Alone e Israel Salazar.

Dois anos depois, em 2017, o grupo lançou Preto no Branco 2, também dirigido por Alex Passos, idealizador e fundador da banda, que foi gravado no centro de Belo Horizonte (MG), com uma identidade visual urbana e músicas que tratam do cotidiano.

O projeto  contou com as participações especiais dos cantores Priscilla Alcantara, Lorena Chaves e André Valadão, trouxe letras profundas, com mensagens voltadas para os problemas da sociedade atual.

Em outubro de 2018, o grupo gravou o Preto no Branco 3, na IBAB, em São Paulo. E foi o projeto mais maduro da banda e, talvez, o mais inusitado. A começar pelas letras das canções. Com linguagem forte, as músicas trazem temas e estilos bem diversificados, que se adequam às mais diversas situações e que se comunicam tanto com o público de dentro da igreja quanto com o de fora.

Outro ponto que surpreendeu foram as participações especiais de nomes consagrados não somente na música cristã, como Marquinhos Gomes, Gabriela Gomes, Nívea Soares, Marcos Almeida, Paulo Nazareth, Sync3, Kivitz e César Menotti & Fabiano.

Pelo álbum Preto no Branco 3, lançado pela Universal Music Christian Group, a banda foi indicada em 2019 ao Grammy Latino, na categoria “Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa”.

Veja o vídeo

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se