24.4 C
Vitória
segunda-feira, 15 abril 2024

Presos são evangelizados por médicos missionários na África

Médicos missionários em presídio africano - Foto: Reprodução/ Christian Aid News

Eles também distribuíram Bíblias e oraram pelos detentos; alguns deles receberam sentença de morte   

Por Patricia Scott

Na África, médicos ministraram a Palavra de Deus e distribuíram Bíblias a detentos de um presídio. Eles desenvolveram o trabalho missionário ao mesmo tempo em que prestam atendimento aos doentes.

“Eles também devem ouvir o Evangelho da vida de nosso Senhor Jesus Cristo”, disse o líder da equipe missionária, que acrescentou: “Temos consciência de que descemos ao coração do inferno porque podíamos sentir a presença do perigo e da morte reinando ao nosso redor. Mas Deus, em toda a Sua glória, está conosco para abençoar esta oportunidade especial de salvar almas perdidas”.

Cabe destacar que no presídio estão alguns dos criminosos mais perigosos da região. Aproximadamente 166 presos estão destinados à execução.

- Continua após a publicidade -

Segundo o missionário responsável por ministrar a mensagem do Evangelho, os presos haviam perdido a vontade de viver. “Pela primeira vez nas suas vidas, eles ouviram a voz de Deus”, compartilhou, revelado que os homens choraram enquanto ouviam as Boas-Novas.

“Todos sabiam que estavam condenados à morte por causa dos seus pecados e que não havia salvação que pudesse vir dos homens, mas de Deus”.

Poder de Deus

Os missionários testemunharam que o poder de Deus. Isto porque, à medida que a Palavra era ministrada, a atmosfera do lugar foi transformada.

“Foi a primeira vez que vivemos um momento assim carregado de emoções provocadas pelo poder de Deus”, salientou o líder, que emendou: “A atmosfera fúnebre de repente se dissipou por conta própria. Foi extraordinário”.

Ao final da mensagem, um detento testemunhou: “Agora descobri o meu verdadeiro estado e tenho todas as respostas das perguntas que me faço há anos. Depois de ouvir esta palavra, agora sei para onde estou indo. Por favor, necessitamos de oração, porque todos nós precisamos que Deus nos salve”.

A distribuição das Sagradas Escrituras ocorreu após o apelo. No entanto, as 120 Bíblias disponíveis não foram suficientes para atender à demanda. “Foi maravilhoso vivenciar um momento tão glorioso na presença do Senhor”, afirmou o líder da equipe missionária.

Semente plantada

Logo após a pregação da Palavra de Deus, os presos foram encaminhados para as consultas médicas. Nesse momento, mais uma vez, eles tinham a oportunidade de ouvir sobre o amor de Jesus.

Alguns presos aceitaram Jesus publicamente. No entanto, outros optaram por tornar a decisão conhecida apenas pelo médico. “Temos a lista de todos aqueles que decidiram entregar a vida ao Senhor. Todos eles precisam de nossas orações”, detalhou o líder da equipe.

Já no dia seguinte, o diretor da prisão relatou ao missionário que muitos presos começaram a ler a Bíblia, e alguns até formaram pequenos grupos para discutir o que ouviram durante a ministração.

“Todo o estabelecimento está num estado de grande alegria. Agradecemos ao Senhor Jesus que nos abençoou”, concluiu o líder da missão. Com informações Christian Aid Mission

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -