22.1 C
Vitória
domingo, 5 dezembro 2021

Em Ashland, EUA: Prefeito consagra cidade à Deus

Durante um encontro de oração em Ashland (Ohio), EUA, prefeito pediu por misericórdia e graça e consagrou a cidade à Deus.

Em meio a uma pandemia e agitação social nacional, uma colaboração de 25 igrejas associadas com a Associação Ministerial do Condado de Ashland (ACMA) enfrentou o calor do verão, pedindo perdão a Deus durante uma assembléia sagrada. O pastor David McNeely, da Igreja da Comunidade Nova Vida, acredita que a cidade está tendo um derramar de bênçãos divinas.

“Há uma sensação de que Deus está fazendo muitas coisas grandes. Deus está reescrevendo a história de Ashland. Eu creio de todo o meu coração que haverá uma grande colheita pelo que oramos aqui esta noite. Estamos começando a ver a atividade e orquestração de Deus”, disse o pastor David McNeely, da Igreja da Comunidade Nova Vida.

Durante a assembléia, o prefeito Matt Miller declarou que estava consagrando a cidade a Jesus para que Ele a governasse de forma suprema.

“Enquanto estou diante de vocês, na luz brilhante de Seu Filho, na medida em que posso, entrego esta cidade de Ashland ao Senhor Jesus Cristo. Que esta seja uma terra onde Ele governe de forma suprema, onde Seu amor seja genuinamente sentido tanto por crentes como por não crentes”, disse.

O prefeito também afirmou que acredita que a misericórdia de Deus protegeu a comunidade da Covid-19. O Condado de Ashland registrou casos mínimos durante a pandemia. “O coração desta cidade está procurando Deus… Acredito de todo o coração que é por isso que Deus protegeu e abençoou Ashland durante um dos momentos mais tumultuados da história da cidade ”, disse o prefeito.

Uma cidade temente a Deus

O deputado estadual Darrell Kick, um dos oradores da assembléia, falou sobre um grupo de legisladores que estudam a Bíblia antes de votar na Câmara. Ele também admitiu que o distrito que representa tem uma reputação única entre o círculo de legisladores.

“Há a percepção de que Ashland é um condado temente a Deus. Como autoridade eleita, observei nos últimos dois anos que houve uma renovação espiritual nessa área. Depois do que vi hoje, não tenho conhecimento de outro distrito onde o prefeito entrega a cidade a Jesus Cristo e um comissário do condado pede perdão pelos pecados do condado”, comentou.

Vários outros líderes comunitários facilitaram segmentos de oração durante a reunião. O Dr. Carlos Campos, presidente da Ashland University and Theological Seminary pediu à multidão que orasse pelos campi universitários.

“Junte-se a mim para se arrepender de onde as universidades deste país falharam em seguir sua missão de buscar a verdade até o seu fim final, o que pode levar a apenas uma coisa: a personificação da verdade, que é Jesus Cristo”, pediu.

Joel Penton, o Diretor Executivo da Lifewise Academy orou pelas escolas públicas durante o encontro. Penton está em parceria com a ACMA para levar educação bíblica a todos os cinco distritos de escolas públicas no Condado de Ashland.

“Por mais de duas gerações, a Bíblia foi removida do sistema educacional da nação e agora o país está colhendo os frutos disso . No entanto, uma lei aprovada em 2014 permite que alunos do ensino médio recebam créditos escolares pelas aulas bíblicas. Na verdade, em Van Wert, Ohio, 95% dos alunos do ensino fundamental de escolas públicas são ensinados sobre a Bíblia todas as semanas. Isso está transformando a próxima geração”, disse Penton.

Colhendo bons frutos

Amanda Nichols, diretora executiva do Projeto Um, compartilhou um testemunho vivo do poder transformacional da oração para livrar seu marido do vício em drogas. “É somente pela graça de DEUS e Sua Palavra que meu marido está limpo há onze anos”, relatou.

Segundo o pastor McNeely, “Deus está fazendo uma coisa nova que afetará as gerações que virão. Deus está abrindo caminho no deserto onde parece não haver caminho. Ele está levantando um remanescente fiel em nossa comunidade”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se