24.1 C
Vitória
sexta-feira, 7 agosto, 2020

“Precisamos repudiar a violência”, diz pastor Hernandes

Leia também

Brasil contabiliza média diária de 1.038 mortes por covid

O Brasil é o segundo país com mais casos de covid-19 no mundo. Só perde para os Estados Unidos

Beirute, a destruição e o sofrimento do povo

Em Beirute, os hospitais estão em colapso, população está de luto: "Beirute está devastada, completamente arrasada", diz missionária brasileira que mora no Líbano

Comércio demite 2,137 milhões de trabalhadores no trimestre encerrado em junho

Com muitos trabalhadores fora da força em função da pandemia, número de pessoas ocupadas no Brasil teve redução recorde de 9,6% no período

A Justiça começou essa semana a julgar casos de violência contra a mulher. Balanço do Conselho Nacional de Justiça mostra que aumentou em 21% número de medidas de proteção às mulheres de 2016 para 2017.

A Justiça brasileira começou nesta segunda-feira (20) um mutirão para julgar casos de violência contra mulheres no país. A ação faz parte da 11ª Semana Justiça pela Paz em Casa, promovida há cinco anos.

Em todas as edições foram 140 mil audiências realizadas. Também foram definidas 127 mil sentenças e expedidas 65 mil medidas protetivas. Mas, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), atualmente, tramitam mais de 1 milhão de processos relativos à violência doméstica na Justiça brasileira.

Justamente para tentar acelerar a conclusão desses casos, a campanha ocorre três vezes por ano. A primeira em março, em homenagem ao Dia da Mulher. A segunda em agosto, para marcar a promulgação da Lei Maria da Penha. E a terceira será em novembro, durante a semana internacional de combate à violência de gênero, estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Os tribunais também organizam, ao longo da campanha, debates e exposições com delegados especializados, promotores e outros profissionais que atuam nas investigações desse tipo de violência.

Casos de Violência

Os casos de violência contra a mulher são assustadores. A violência choca, está nas ruas e dentro de casa. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, só em 2017, foram registrados 1.133 feminicídios no país, que é o assassinato cometido porque a vítima é mulher.

Um balanço do Conselho Nacional de Justiça mostra que aumentou em 21% a quantidade de medidas de proteção às mulheres de 2016 para 2017. Igrejas evangélicas tem desenvolvido ações para combater esse mal. Como a ONG Rio de Paz, da Igreja Presbiteriana da Barra, na capital carioca.

Mais do que protestar contra esse crime, o objetivo é lutar por medidas preventivas do governo. “Tão importante quanto combater o abuso contra a mulher é cobrar ações preventivas do poder público. A cada dia torna-se mais necessária a implementação de políticas de educação e proteção em comunidades de baixa renda, locais onde se encontram a maior parte das mulheres em estado de vulnerabilidade social”, destacou o pastor Antônio Costa.

O Ministério Luz Para o Caminho (LPC) lançou um vídeo de alerta sobre o assunto. “Como cristãos, não podemos e nem devemos ficar omissos à essa causa. Grande parte dessa violência acontece dentro de casa. Nós precisamos repudiar a violência e criar a cultura da paz, do diálogo, do respeito e da liberdade. A mulher precisa ser respeitada”, pastor Hernandes Dias Lopes, diretor da LPC.

Veja o vídeo de alerta


Leia mais

A dor disfarçada de submissão

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Plugue-se

“Bem mais que perto”, novo EP de Isa Ribeiro

Ao todo, sete canções integram o novo EP de Isa Ribeiro. Projeto foi gravado no início de 2020 em Belo Horizonte. 

“Recuperando a esperança” e fortalecendo a fé

Baseado em milhares de histórias verdadeiras, "Recuperando a esperança" é um forte lembrete de nunca é tarde demais para mudar e se transformar

Justin Bieber e esposa batizados: “momento especial”

Justin Bieber e esposa foram batizados e publicaram fotos do momento nas redes sociais

Doses diárias de sabedoria com devocional de Provérbios

O devocional de provérbios é um lançamento da gravadora Nova Fase, apresentado pelo pastor Alirio Misael