24.7 C
Vitória
sábado, 19 setembro 2020

Pós-corona

Leia também

Anvisa autoriza que Pfizer dobre número de voluntários em testes para vacina

O laboratório informou que vai expandir o número de participantes do estudo para a vacina, chegando a cerca de 44 mil participantes

Fumaça do Pantanal que chega a SP pode agravar casos de doenças respiratórias

Outra recomendação que Cardenuto indica é a de evitar aglomerações, uma medida que já deveria ser cumprida em função do novo coronavírus

Lava Jato denuncia Cabral e Bezerra por propinas em contratos do DER

Segundo a peça, registros contábeis apreendidos com o operador de Cabral na Calicute mostram que Maciste efetuou, entre 2011 e 2017

Quero confessar que o tal corona trouxe alguns benefícios. Pela primeira vez na história do cristianismo no Brasil, vimos nossa nação (não toda, pois aí seria pedir muito) orando e jejuando junta. Nos últimos 50 anos, boa parte das nossas denominações foi formada a partir de rachas e disputas eclesiásticas, por isso essa recente integração é uma boa surpresa: nunca tinha visto tantos pastores de diversas denominações juntos intercedendo pelo nosso país.

Será que Deus ouviu e vai agir?

Não tenho dúvidas de que um movimento deste nunca passaria despercebido pelo Senhor. Quem vigia até uma folha que cai da árvore ou um fio de cabelo que sai de nossa cabeça não ficaria dormindo enquanto o Brasil orava. Se ouviu a oração de Nínive, não tenho dúvidas de que Ele vai responder, vai mostrar Seu poder, vamos ver Deus agindo. Sei que tem muita gente torcendo contra, inclusive dentro dos arraiais evangélicos (lembra-se de Jonas?). Sei que há muitas lideranças torcendo o nariz para este novo tempo; sempre tivemos nossos Tobias e Sambalás, mas Deus não age de acordo com eles.

À semelhança do que aconteceu depois que Elias orou, temos que nos preparar, mesmo que ainda estejamos vendo uma pequena nuvenzinha, do tamanho da palma de uma mão. Corra! Deus vai agir!

Espero que a Igreja de Cristo esteja pronta para ser protagonista em nosso país quando Deus nos chamar para fazer diferença no meio do povo, pois o mesmo fogo que amolece a cera também endurece o barro.


COMO ESTÁ SUA FAMÍLIA?

Uma das consequências mais marcantes nestes dias foi a possibilidade de interagir de uma forma nunca imaginada com nossa família. Outro dia um casal com quase 40 anos de união me disse que não tinha um convívio tão bom desde a “lua de mel”. Marido e mulher me disseram uma coisa que me chamou atenção. Que nessas quase quatro décadas muita coisa mudou na vida deles sem que percebessem. Quase não tinham tempo para notar ou falar sobre essas diferenças. Ficaram surpresos de como foram se ajustando, tocando a vida, e essa parada permitiu que voltassem a conversar sobre si, como nos bons tempos de namoro, em que todo dia tinha uma novidade.

O dia, as semanas e os meses vão passando, entramos nesse turbilhão de cuidar dos outros e nos esquecemos de cuidar de nós. Tempo para conversar, para se “re-conhecer”, para colocar as coisas de volta ao lugar, de matar saudades, de buscar no passado aqueles momentos prazerosos e de reviver novamente.

Espero que você tenha usado estes dias para recolocar sua vida familiar de volta de onde ela nunca deveria ter saído. Se não fez, crie coragem e faça!


CULPA DE QUEM?

Um dos questionamentos que mais ouvi durante essa crise foi: de quem foi a culpa?
Ao responder, me lembrei do texto de João 9, no qual os discípulos perguntaram para Jesus de quem era a culpa para que aquele homem nascesse cego (v.2). Cristo respondeu: “Nem ele, nem seus pais, mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus”.
E completa dizendo que “é necessário que façamos as obras daquele que me enviou enquanto é dia”.

A resposta do Mestre deixou claros dois pontos importantes: 1) que a pergunta certa não é “por quê?”, mas sim “para quê?”; 2) que, independentemente das circunstâncias, nossa responsabilidade continua a fazer a obra de Deus.

Cada vez mais percebemos que muitos ainda são guiados pelo que veem, como se os ventos ou as ondas que nos rodeiam fossem mais poderosos do que o Cristo que conduz nossas vidas. Temos de reconhecer que a constatação de Cristo de que somos “homens de pequena fé” se confirma e nos sentimos como se estivéssemos fora da proteção das asas do nosso Deus.

Cremos que Deus tem todas as coisas sob seu domínio. Ou não? Cremos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Ou não? Cremos que ainda que ande pelo vale da sobra da morte nenhum mal terei. Ou não? SIM! Então faça a oração dos discípulos: “Senhor, aumenta-nos a fé” (Lc 17:5).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

“Deus dos improváveis”, com Fred Arrais

Canção é o primeiro lançamento do cantor, que também é pastor, após assinar contrato pela Sony Music. Ouça a música!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Justiça determina que Flordelis use tornozeleira eletrônica

Defesa da deputada federal ré pela morte do marido, o pastor Anderson, informou que vai recorrer da decisão. Saiba mais!

Júlia Vitória: “Amo expressar meu amor por Jesus em música”

Aos 18 anos Júlia Vitória virou um fenômeno nas plataformas digitais de música do Brasil. Conheça a artista!

A força tarefa de jovens cristãos para salvar animais no Pantanal

Na tentativa de salvar animais do incêndio que atinge o Pantanal, jovens da igreja Adventista está coletando alimentos para uma ONG distribuir entre os animais.

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!

Encontro nacional Renas: “Ser criança em tempos de incerteza”

É a 13ª edição do Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (Renas). Evento, que acontece em outubro, será online. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...

Ajude um cego a ler a Bíblia e ter a vida transformada

A iniciativa quer distribuir a Bíblia para cegos em todo o Brasil e promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Saiba mais!

Amanda Loyola, floresce uma potência vocal do gospel

Artista capixaba, que ficou conhecida ao participar do quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, já lançou três canções pela Sony.

Brasil está lendo menos, mas a Bíblia ainda é o livro preferido

Apesar dos leitores brasileiros estarem lendo menos, pesquisa "Retratos da leitura" apontou que a Bíblia continua sendo o livro preferido dos brasileiros. Saiba mais!